quinta-feira, 8 de março de 2012

Parabéns mulheres!


Hoje comemoramos o Dia Internacional da Mulher, parabéns a todas! Mas  o que realmente significa essa data? No mundo globalizado tudo é motivo para vender e comprar; o apelo mercadológico nessas datas festivas é enorme, somos bombardeados por todo tipo de propaganda, oferecendo os melhores produtos para essa ou aquela ocasião. No dia da mulher não é diferente, e vemos na TV um desfile de mulheres magérrimas oferecendo a você, dona-de-casa-com-um-corpo-já-não-tão-perfeito, as melhores roupas com os melhores preços. Isso sem falar das ofertas imperdíveis q você certamente recebeu hoje por e-mail, pensadas sob medida para satisfazer a sua necessidade. Legal! Isso significa que todo mundo está pensando em você e no seu bem estar nesse dia... um único dia no ano? Não, isso quer dizer que você tem q comprar e comprar e comprar. Mas, consumismos à parte, porque não comemorar o seu dia de uma maneira diferente, fazendo algo que você realmente queira fazer, e que mereça fazer: dormir o dia todo, ler um bom livro, pegar uma piscina, passear com seus filhos, ou ficar sem fazer nada... são tantas opções! Escolha a que melhor lhe aprouver e delicie-se! Seria de bom tom se os maridos hoje ficassem encarregados de preparar o jantar, só para variar (e isso inclui lavar a louça depois, ok?), certamente seria uma bela forma de deixar as mulheres felizes.
Não acho que exaltar o fato de sermos mulheres uma vez por ano seja realmente um reconhecimento por nossa importância no mundo, mas sim, que devemos fazê-lo diariamente, e nos sentirmos felizes por sermos de fato o sexo forte, aquela pessoa que tem poder, inteligência e carisma para resolver qualquer problema, trabalhar, cuidar da casa, dos filhos, e ainda assim, no fim do dia, cuidar de si mesma. Por isso amigas, não sejam “ uma mulherzinha”, que só pensa em moda, em sapato, em bolsa, em maquiagem, em cabelo, etc., pense como uma MULHER e se valorize mais, sem deixar a feminilidade e a sensualidade de lado, claro.
Hoje no Twitter, Rita Lee escreveu a segunte frase: Freud diz que mulher tem inveja do pênis, Freud nāo entende nada de pênis”. Concordo!  As mulheres têm seus atributos e não precisam ter inveja de homem nenhum nesse mundo, pelo que quer que seja. Avante mulherada! Vamos mostrar nosso valor e nos fazer respeitar!
E para mostrar que eu não sou uma “mulherzinha”, agradeço os emails com as mensagens lindas, cheias de flores e palavras bonitas que todas as amigas mandam hoje, e deixo aqui a música que acho que quebra um pouco esse clima nostálgico do “ser mulher” e do dia que nos foi dedicado para refletirmos sobre o nosso real papel no mundo: