terça-feira, 20 de novembro de 2012

Lançamentos

Estes são os lançamentos da semana da Cia. das Letras:


Cândido, ou o Otimismo, de Voltaire (Trad. Mário Laranjeira)

Publicado em 1759, Cândido, ou o Otimismo fez um enorme sucesso ao criticar de forma mordaz e bem0humorada a filosofia do pensador alemão Gottfried Leibniz (1646-1716). O Otimismo de Leibniz é macaqueado brilhantremente por mestre Pangloss, personagem para quem “todos os acontecimentos estão encadeados no melhor dos mundos possíveis”. Mesmo após toda a sorte de infortúnios fantásticos, plenos de punições físicas, naufrágios, sequestros, terremotos e um auto da fé, mestre Pangloss e o ingênuo Cândido crêem viver em um mundo com o máximo de bem e o mínimo de mal – embora a experiência lhes prove justamente o contrário. Além de ridicularizar otimismo, Voltaire valeu-se da sátira para desferir golpes certeiros na vaidade da aristocracia teutônica, nas instituições religiosas – os jesuítas são fustigados por todos os lados-, e na banalidade da condição humana.

Remédios mortais, de Donna Leon (Trad. Carlos Alberto Bárbaro)
No frio do alvorecer veneziano, um ato de vandalismo perturba a paz da cidade deserta. Depois de um breve interrogatório, a polícia descobre que a culpada – esperando para ser presa na cena do crime – não é ninguém menos que Paola Brunetti. para ocommissario, o pesadelo começa com um telefonema inesperado de seus colegas de trabalho, em plena madrugada: “Estamos com sua mulher, senhor”. Enquanto nosso herói se vê às voltas com uma crise matrimonial, regada por conflitos éticos, ele terá de investigar um assalto audacioso, seguido de uma morte acidental um tanto suspeita. E se esses crimes estiverem todos ligados, inclusive o ato inconsequente de sua mulher? Resta saber se Brunetti conseguirá provar a inocência de Paola e salvar sua carreira antes que seja tarde demais.





Um coração ardente, de Lygia Fagundes Telles
Nestes contos escritos entre as décadas de 1950 e 1980 e selecionados pela própria autora, Lygia Fagundes Telles conduz o leitor ao âmago das angústias, sonhos e descobertas de seus personagens, cada um deles movido por um coração ardente. São, na maioria dos casos, histórias que se desenrolam na fronteira entre o real e o fantástico, a memória e a imaginação. Do rapaz que se apaixona inadvertidamente por uma prostituta à adolescente que presencia sem querer o encontro erótico de seu amado com outra, do menino que se vê privado de repente de seu cachorro de estimação à mulher que acha um dedo na areia da praia e engendra enredos possíveis para ele, as criaturas deste livro estão sempre às voltas com seus fantasmas verdadeiros ou imaginários. Senhora absoluta das técnicas literárias e do ritmo tenso da narrativa breve, a autora transita com sutil maestria das descrições de cenas e ambientes para a exploração do mundo interior de seus personagens, com os quais o leitor é levado a partilhar emoções e fantasias.

Mais novidades e informações, acesse o blog da editora aqui.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Que bom ter você por aqui!
Fico feliz em receber seu comentário, crítica ou sugestão. Pode falar a vontade, esse espaço é seu. Acompanhe a resposta ao seu comentário clicando em "Notifique-me".
Obrigada pela visita!