sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Sexta de música #7

Mais uma sexta! E mais música!

Inspirada pelos posts super legais da Sandy Quitans no blog Backbeat , resolvi falar sobre uma música que fez parte da trilha sonora do filme "O Espetacular Homem Aranha" (2012, Sony Pictures): "Til Kingdom Come", do Coldplay.



Essa música está no terceiro álbum da banda, "X&Y", lançado em 2005, e com certreza é uma das minhas preferidas nesse trabalho. Apesar desse CD estar cheio de hits, como "Fix You" e "Speed of Sound", "Til Kingdom Come" surge no final do álbum, como uma faixa escondida, e tem melodia doce, que trás  imediatamente uma sensação de paz e completude. A voz de Chris Martins está refinada e nos carrega numa viagem sentimental a cada verso cantado, quase num suspiro, que parece sair de dentro do coração.



A letra da música fala sobre uma pessoa que, perdidamente apaixonada, promete a seu amor que vai esperá-lo até o fim chegar. É intensa e carregada de sentimentos, e poderia muito bem ser trilha de um filme mais romântico, mas caiu como uma luva na cena em que foi usada:

"... for you I'd wait... 'til kingdom come
until my day... my day is done
and say you'll come... and set me free
just say you'll wait... you'll wait for me..."

Depois de Peter Parker, (aliás, tão brilhantemente interpretado por Andrew Garfield que nos fez esquecer de Tobey Maguire), descobrir que tem novos poderes, ele se sente mais seguro para convidar a bela do colégio, Gwen Stacy, para sair e fazer "sei lá... qualquer coisa". Quando ela aceita, ele fica tão contente que pega seu skate e vai para um lugar tranquilo fazer algumas manobras, e, acredito, colocar as ideias em ordem. É então que a música toca, com uma sincronia perfeita; quando Peter percebe que a loira aceitou seu convite e sai da sala ainda sob o encanto da moça, ouvimos o seguinte trecho da música: "... let me in, unlock the door, I never felt this way before..." (deixe-me entrar, destranque a porta, eu nunca me senti desse jeito antes...). O som embala a cena com o skate, que tem uma bela fotografia, e imagens em câmera lenta mostrando um lado bem adolescente desse novo Peter que surgiu nessa versão da história.



A trilha sonora do filme foi composta por James Horner, que também foi responsável pelas trilhas de  simplesmente "Coração Valente" (1995),  "Uma Mente Brilhante" (2001) e "Titanic" (1997), esse último lhe rendendo um de seus dois prêmios Oscar (o outro foi por seu trabalho em "Avatar", em 2010).

É uma combinação perfeita: um bom produtor de trilhas sonoras para grandes filmes, uma cena que precisa soar meiga e romântica, e uma música não tão popular de uma das maiores bandas atuais. É impossível não curtir a música durante o filme; parece até que podemos sentir o que o protagonista está sentindo naquele momento. E se isso não é prova de um bom trabalho, então não sei o que é. 

Se você já assistiu o filme, deve se lembrar dessa cena, mas, se você ainda não viu, assista o vídeo abaixo e entenda mais como essa música foi a moldura perfeita para a cena em que foi colocada:


3 comentários:

  1. Ah! Que lindo!
    Não sei se está lindo por ter sido inspirado nos meus posts. Por causa do Coldplay ou do 'Til Kingdom Come. Ou pelo Peter Parker de Andrew Garfield. Ou até mesmo por me fazer lembrar das tardes de domingos que eu e o Vini (meu namorado) passamos tentando decorar como cantar e tocar essa música.

    Um post lindo, para um dezembro lindo!
    Parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dezembros são sempre lindos!
      Seus posts são ótimos, assim como o Coldplay e o Andrew, rs
      Obrigada!

      Excluir

Olá! Que bom ter você por aqui!
Fico feliz em receber seu comentário, crítica ou sugestão. Pode falar a vontade, esse espaço é seu. Acompanhe a resposta ao seu comentário clicando em "Notifique-me".
Obrigada pela visita!