domingo, 3 de fevereiro de 2013

Filmando #5 - O clube de Leitura de Jane Austen

Hoje vou misturar um pouco de música, literatura e cinema! Sim, isso é possível. Assisti ao filme "O clube de leitura de Jane Austen" e me surpreendi: não esperava que fosse tão bom! Tem romance, drama e um toque de comédia. Além de muitos comentários sobre os livros de Austen :)


O filme é de 2007 e foi dirigido por Robin Swicord, que tem em seu currículum o roteiro de nada menos que "O curioso caso de Benjamim Button" (2008), "Memórias de uma gueixa" (2004) e "Da magia à sedução" (1998).

O longa conta a história de cinco mulheres, de personalidade totalmente diferentes e cheias de problemas psicológicos-existenciais-amorosos, e que resolvem se juntar em um clube de leitura para discutir os seis livros de Jane Austen. Cada uma ficará responsável por um livro e elas se reunirão mensalmente para debaterem suas visões da leitura. Mas, obviamente, falta uma pessoa no grupo, e uma delas resolve convidar um rapaz que acabou de conhecer, a fim de apresentá-lo para uma das mulheres do grupo, que acaba de se separar do marido.



É interessante ver como, a cada livro lido, os problemas das mulheres vão aparecendo nas reuniões, como uma analogia à história em debate. O roteiro foi adaptado do romance homônimo, escrito por Karen Joy Fowler, que eu não conhecia e agora fiquei muito curiosa para ler. A autora trabalhou bem fazendo essa relação entre os dramas no dia a dia dessas mulheres (que podem ser comuns a qualquer uma de nós) com as situações descritas por Austen em seus romances. Aos poucos, ou melhor, a cada leitura, elas vão descobrindo seus próprios sentimentos e aprendendo a lidar com eles. A reação de cada membro do clube aos acontecimentos de suas vidas é semelhante a dos personagens da ficção e eles vão aos poucos desenvolvendo características parecidas com as pessoas de cada livro.



Ao analisarmos cada membro do clube de leitura, isso fica muito claro: Bernadette, foi quem deu a ideia para formação do grupo, representa Mrs. Gardiner em "Orgulho e Preconceito", já Sylvia, que foi traída pelo marido e acaba de se separar, é comparada a Fanny Price, de "Mansfield Park", enquanto Jocelyn, uma mulher aparentemente forte e independente, que nunca se casou e prefere viver só com seus cachorros, é muito parecida com a personagem título do romance "Emma". Prudie, uma professora de francês, casada com um homem que tem gostos bem diferentes dos dela e se apaixona por um de seus alunos adolescentes, reflete a personagem Anne Elliot, de "Persuasão" e Allegra, uma jovem bonita e corajosa, que é lésbica e se apaixona facilmente, se parece muito com Marianne de "Razão e Sensibilidade". Grigg, o único homem do grupo, meio estabanado e apaixonado por ficção científica, nunca tinha lido nenhum livro de Jane, mas aceitou entrar para o clube para ficar mais perto de Jocelyn, aparece como uma representação de todos os personagens masculinos incompreendidos criados por Austen.

A trilha sonora do filme dá um toque de classe à produção, por ser bem leve e atual. O responsável por ela foi Aaron Zigman (que também fez "Alpha Dog",em 2006), e ele incluiu aqui "You're all I have", de Snow Patrol, "Save me", de Aimee Mann e "So sorry", de Feist (aquela do vídeo fofo e todo colorido de "1234"), que vocês podem conferir agora:


Destaque para a atuação de Maggie Grace, interpretando Allegra, a mais jovem do grupo, e que é muito radical: a certa altura, seus pais conversam e reconhecem que ela é mais moleque que seus irmãos. Ela foi parte do elenco da 1a. temporada de "Lost", como Shannon, irmã de Boone (Ian Somerhalder *.*), além de ter feito a Irina nas duas partes de  "Amanhecer"

Como de costume, deixo aqui para vocês o trailer do filme, é muito bacana e vale a pena assistir =D





3 comentários:

  1. Oi Joana!
    O seu blog foi tagueado por mim (http://na-entrelinha.blogspot.com.br/2013/02/tag.html).
    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Oi querida, vim aqui ver seu post. Hehe
    Adorei. Eu quero ver o filme de novo... pois peguei ele da metade.

    Beijos

    Me visita: Livros... Eu quero ler sempre

    ResponderExcluir

Olá! Que bom ter você por aqui!
Fico feliz em receber seu comentário, crítica ou sugestão. Pode falar a vontade, esse espaço é seu. Acompanhe a resposta ao seu comentário clicando em "Notifique-me".
Obrigada pela visita!