sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Sexta de música #13

Aqui não tem carnaval!!!   ):


Mas ainda tem música, e como ninguém no país fala de outra coisa a não ser a festa  popular que está nos proporcionando o maior feriadão desse ano, vamos falar sobre músicas de carnaval, só que não...

Alguns cantores da MPB gostam de usar esse tema em suas canções, como por exemplo, Chico Buarque em "Quando o carnaval chegar" (1972): 

"Quem me vê sempre parado,
distante garante que eu não sei sambar...
tô me guardando pra quando o carnaval chegar.

Eu tô só vendo, sabendo,
sentindo, escutando e não posso falar...
tô me guardando pra quando o carnaval chegar."


Caetano Veloso lançou em 77 um álbum chamado "Muitos carnavais", que tinha a faixa "Atrás do trio elétrico":

"Atrás do trio elétrico
só não vai quem já morreu
quem já botou pra rachar
aprendeu, que é do outro lado
do lado de lá do lado
que é lá do lado de lá..."

Mais tarde, em 1994, a escola de samba carioca Estação Primeira de Mangueira usou um trecho adaptado dessa música em seu samba-enredo, que ficou assim:

"Me leva que eu vou
sonho meu
atrás da verde-e-rosa
só não vai quem já morreu..."



Além desses ícones da música popular brasileira, mais recentemente, quando três grandes cantores e compositores, Carlinhos Brown, Arnaldo Antunes e Marisa Monte, se juntaram para brincar de fazer música e criaram os "Tribalistas", nos presentearam com um CD maravilhoso recheado de grandes canções. Uma delas é homenagem ao carnaval e às mais tradicionais escolas de samba, e se chama "Carnavália":

"Vem pra minha ala
que hoje a nossa escola vai desfilar
vem fazer história
que hoje é dia de glória nesse lugar
vem comemorar
escandalizar ninguém
vem me namorar,
vou te namorar também
vamos pra avenida
desfilar a vida, carnavalizar
Na Portela tem Mocidade
Imperatriz
no Império tem
uma Vila tão feliz

Beija-Flor vem ver
a porta-bandeira na Mangueira tem morenas da Tradição
Sinto a batucada se aproximar
estou ensaiado para te tocar
repique tocou, o surdo escutou
e o meu coraçamborim
cuíca gemeu 
será que era eu
quando ela passou por mim

Lá lá lá lá lá lá lá lá lá lá lá lá
Aonde?..."



Outro grupo que se inspira no carnaval é o "Los Hermanos", que em seu segundo álbum, "Bloco do eu sozinho", de 2001, lançou a música "Todo carnaval tem seu fim", uma das melhores do CD:

"Todo dia um ninguém josé acorda já deitado
todo dia ainda de pé o zé dorme acordado
todo dia o dia não quer raiar o sol do dia
toda trilha é andada com a fé de quem crê no ditado
de que o dia insiste em nascer
pra ver deitar o novo

Toda rosa é rosa porque assim ela é chamada
toda Bossa é nova e você não liga se é usada
todo o carnaval tem seu fim
todo o carnaval tem seu fim
e é o fim, e é o fim

Deixa eu brincar de ser feliz
deixa eu pintar o meu nariz

Toda banda tem um tarol, quem sabe eu não toco
todo samba tem um refrão pra levantar o bloco
toda escolha é feita por quem acorda já deitado
toda folha elege um alguém que mora logo ao lado
e pinta o estandarte de azul
e põe suas estrelas no azul
pra que mudar?

Deixa eu brincar de ser feliz
deixa eu pintar o meu nariz..."

O vídeo dessa música também é uma obra de arte, confiram:


E vocês, gostam de músicas carnavalescas, ou preferem algo mais tranquilo, como essas deste post? Deixem suas opiniões e comentários.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Que bom ter você por aqui!
Fico feliz em receber seu comentário, crítica ou sugestão. Pode falar a vontade, esse espaço é seu. Acompanhe a resposta ao seu comentário clicando em "Notifique-me".
Obrigada pela visita!