sexta-feira, 29 de março de 2013

Sexta de música #16

Hoje começou o festival Lollapalooza em São Paulo e, apesar do line-up não estar lá essas coisas, algumas bandas valem a pena o ingresso, como Queens of the stone age, A perfect circle, e a melhor e maior de todas elas: Pearl Jam!!!


Eddie Vedder, Jeff Ament, Stone Gossard e Mike McCready sobem ao palco no próximo domingo (31) para tocar seus maiores sucessos, incluindo as músicas de seu último álbum, Backspacer, lançado em 2009.

Formada em no início dos anos 90 em Seattle, a banda já lançou nove álbuns de estúdio: Ten (1991), Vs. (1993), Vitalogy (1994), No Code (1996), Yield (1998), Binaural (2000), Riot Act (2002), Pearl Jam (2006) e o mais recente, já citado acima, além de diversas compilações e álbuns ao vivo.

O Pearl Jam foi uma das principais bandas do movimento grunge nos anos 90, e desde então vem sendo considerada uma das bandas mais influentes daquela década, tendo vendido em todo o mundo mais de 60 milhões de álbuns.  


O álbum Ten foi o maior sucesso da banda: lançado em agosto de 1991, com 11 faixas que falavam de depressão, suicídio, solidão e assassinato, não foi um sucesso logo de cara. Só a partir da metade de 1992 o álbum ganhou o grande público e alcançou a segunda posição na Billboard. Foi dele que saíram três canções clássicas do Pearl Jam: Alive, Even Flow e Jeremy.


Alive é considerada um hino para muitos fãs do Pearl Jam, e Eddie Vedder revelou uma vez que a música é uma história semi-biográfica de um filho que descobre que seu pai na verdade é seu padrasto, enquanto sua mãe, numa tristeza profunda, assedia o filho sexualmente devido a sua semelhança com o pai biológico. Deprimente, para dizer o mínimo, mas uma ótima música:


Jeremy foi inspirado na história real de um estudante de ensino médio que atira em si mesmo na frente de seus colegas de classe. O vídeo também é inspirado na mesma tragédia:


Entre os grandes sucessos da banda ainda estão Daughter, Black, Given to Fly, World Wild Suicide, Do the Evolution, I am Mine, além da versão de Last Kiss, de Wayne Cochran, que foi originalmente distribuída apenas entre os fãs-clubes da banda, mas devido à grande procura teve que ser lançada para o público em geral, e é o único single do Pearl Jam que conquistou o segundo lugar na parada Billboard.


Mas a minha preferida atualmente é, sem dúvidas, Yellow Ledbetter, com seu incrível solo de guitarra, um dos mais bonitos que já ouvi, e sua letra triste:

"Unsealed on a porch a letter sat
then you said, I wanna leave it again
..........................................................
Ah yeah, can you see them out the porch?
yeah, but  they don't wave
I see them round the front way, yeah
and I know, and I know I don't want to stay.
Make me cry..."

"Sem selo, na varanda, a carta à espera
então você diz, eu quero deixá-lo novamente
................................................................... 
Você pode vê-los na varanda?
é, mas eles não acenam
e os vejo em frente a casa, yeah
e eu sei, e eu sei que eu não quero ficar.
Faça-me chorar..."


Agora que já estamos no clima do show, é só esperar a banda entrar no palco e curtir! Tomara que seja muito bom!!!


Um comentário:

  1. Realmente uma banda que merece nossa atenção por se manter viva e muito atual!

    ResponderExcluir

Olá! Que bom ter você por aqui!
Fico feliz em receber seu comentário, crítica ou sugestão. Pode falar a vontade, esse espaço é seu. Acompanhe a resposta ao seu comentário clicando em "Notifique-me".
Obrigada pela visita!