terça-feira, 2 de abril de 2013

Dia Internacional do Livro Infantil

Adoro livros infantis! E infanto-juvenis! E livros de todas as espécies e gêneros e cores e cheiros e.... bom, adoro livros, rs.



Hoje é o Dia Internacional do Livro Infantil, e me lembrei de alguns livros que li na escola, acho que quase todo mundo leu, da série Vaga-lume. Não vou fazer resenha pois ficaria um post interminável, mas vou dedicar um pedacinho para cada um dos meus preferidos. O primeiro livro que li dessa série foi "O mistério do cinco estrelas", fez com que eu me apaixonasse pelo estilo de Marcos Rey e lesse avidamente todos os outros títulos do autor publicados na Vaga-lume:

 "Um homem é assassinado no apartamento 222 do Emperor Parrk Hotel. O único que viu o corpo foi Léo, o mensageiro. Mas ninguém acredita em suas histórias, a não ser seus amigos Gino, Ângela e Guima. Léo é apenas um garoto e seus inimigos são ricos e poderosos. Sem ter provas nenhuma contra eles, Léo acaba perdendo o emprego e sendo procurado pela polícia, achando que tem problema mentais por ter imaginado ver um corpo no quarto de um hóspede acima de qualquer suspeita. Os jovens vão se envolvendo cada vez mais na investigação do crime, e também acabam correndo perigo. Quem conseguirá desvendar o mistério do Cinco Estrelas?"



"Em um prédio abandonado é encontrado um rádio ligado e ao seu lado uma pessoa assassinada. O corpo é identificado como sendo do sanfoneiro Boa-vida, que era muito querido por todos da região. Quem poderia estar interessado em matar um simples sanfoneiro? Os amigos Léo, Gino, Ângela e Guima estão juntos novamente para investigar o crime, e acabam descobrindo coisas muito interessantes (e estranhas), como por exemplo, a arma do crime: uma espécie de sabre chinês, muito bonito, com desenhos orientais no cabo, o que os leva a uma galeria cheia de suspeitos e pessoas que não transmitem confiança, assustando os jovens só com um olhar."



"O sequestro de um jovem cantor une novamente os jovens detetives Léo, Gino e Ângela, que tentam descobrir quem é o responsável pelo rapto do Garoto de Ouro, estrela da música e adorado por milhares de pessoas. A única pista que eles têm é uma agenda com nomes e endereços, e através dela eles se deparam com os tipos mais curiosos: Madame Santa, uma modista especializada em vestidos de noiva; Mário Batalglia, o negociante de cães de raça; Heitor Salvattore, campeão de braço-de-ferro e Zorba, ex-marinheiro e ex-vendedor de enciclopédias. Será que algum deles é o sequestrador? Será que mais uma vez os três amigos vão desvendar o mistério?"



"A mãe morreu, o tio Leonel sumiu, e a única pessoa conhecida perdeu a memória. Pimpa, de 14 anos, acabou de chegar a São Paulo e está completamente só. Mas uma mulher parece estar muito interessada na garota. Por quê? É o que Pimpa pretende descobrir. Até lá, só lhe resta fugir da estranha mulher que a persegue. Mas para onde ir quando se está sozinha no mundo?"







"Um simples beijo de novela desencadeia o pânico nos bastidores da TV Mundial. Mortes começam a ocorrer sem nenhuma pista concreta que leve ao assassino. Num palco onde desfilam integrantes da Liga das Sentinelas, dispostas a tudo para manter a moral e os bons costumes, atores decadentes, atrizes em ascensão, jornalistas apaixonados por livros, quem poderia ser o autor das mortes em série?"






"Por que tanta gente tentava impedir que Edu fizesse um trabalho para a faculdade sobre Tony Grand, se o bandido já estava morto? Era o que o garoto se perguntava, mas ninguém parecia saber o motivo, nem mesmo seu tio Palha, que era um excêntrico detetive. Durante a investigação e antes de chegarem à solução desse mistério, os dois começam a receber ameaças de morte. Edu acompanha seu tio Palha na  investigação de um esconderijo de traficantes para revelar a identidade do misterioso Boss e enfim conseguir finalizar seu trabalho da faculdade."




"Quem poderia imaginar que ao tentar realizar o grande sonho, o de conhecer a cidade do Rio de Janeiro, Cláudio e Pat iriam passar por um verdadeiro pesadelo? Isso mesmo: ao chegar à cidade, os dois dão de cara com uma situação pouco comum para quem quer apenas passear... eles são vítimas de uma quadrilha formada por adolescentes."







"Nesse suspense policial da autora Lúcia Machado de Almeida, as ruivas correm perigo: na cidade de Vista Alegre, pessoas inocentes vêm sendo alvo de um estranho assassino nomeado "Inseto", que, antes de matar, envia à suas vítimas um pequeno embrulho, contendo um escaravelho. A aparência e o nome científico do  besouro é uma pista para a arma utilizada no assassinato. Em comum, todas as vítimas têm os cabelos vermelhos cor de fogo e sardas no rosto."






"Helicônia sempre foi estimada por todos e não tinha inimigos de espécie alguma. Então, quem matou a noiva do Príncipe Grilo, o Senhor das Florestas? Que motivo alguém teria para executá-la? Descobrir as respostas destas perguntas é a tarefa de Papílio - amigo de infância de Sua Alteza e detetive do bosque. Para decufrar o enigma, ele vai contar com a colaboração da borboleta Atíria. Mas os dois nem imaginam o que os aguarda no interior da Gruta dos Horrores."





"Esse livro é baseado em fatos reais e ambientado durante o golpe militar de 1964 no Brasil. Um jornalista perseguido por questões políticas, tem que sair do país por causa de uma notícia veiculada em seu jornal, junto com seus filhos adolescentes Marcão e Ricardo. Eles viajam para o Chile e depois para a França, e os meninos, apesar de se adaptarem bem aos novos países, têm consciência de que tudo é provisório e que poderão voltar para o Brasil um dia, deixando para trás mais uma vez os amigos e as paixões feitas nesses países. O autor se baseou na história de um de seus alunos para escrever esse livro: um angolano foragido, que foi obrigado a deixar seu país e toda a sua história para trás, vindo para o Brasil e se sentindo um estranho, tendo que conviver com um idioma totalmente diferente e que ele não entendia e comendo comidas que ele considerava esquisitas. A leitura nos faz acompanhar passo a passo a dolorosa experiência do exílio."

Além dos livros da Coleção Vaga-lume, também quero mostrar para vocês mais dois livros que fizeram parte da minha infância e que foram muito importantes para minha formação como leitora:

"Essa é a estória de uma menina que entra em conflito consigo mesma e com a família ao reprimir três grandes vontades (que ela esconde numa bolsa amarela) - a vontade de crescer, a de ser garoto e a de se tornar escritora. A partir dessa revelação - por si mesma uma contestação à estrutura familiar tradicional em cujo meio 'criança não tem vontade' - essa menina sensível e imaginativa nos conta o seu dia-a-dia, juntando o mundo real da família ao mundo criado por sua imaginação fértil e povoado de amigos secretos e fantasias. Ao mesmo tempo que se sucedem episódios reais e fantásticos, uma aventura espiritual se processa, e a menina segue ruma à sua afirmação como pessoa."


"Nessa estória, Pedrinho e uma expedição formada por Narizinho, Emília, Rabicó e Visconde de Sabugosa vão à caça de uma onça pintada escondida na mata de taquaraçus perto do Sítio do Picapau Amarelo. Com muita valentia e um pouco de medo, essa turma arma a maior confusão entre os animais silvestres e se aventuram numa caçada arriscada, divertida e cheia de surpresas."


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Que bom ter você por aqui!
Fico feliz em receber seu comentário, crítica ou sugestão. Pode falar a vontade, esse espaço é seu. Acompanhe a resposta ao seu comentário clicando em "Notifique-me".
Obrigada pela visita!