quarta-feira, 3 de abril de 2013

Ele é o cara #12

Vamos fazer uma homenagem póstuma ao ator Heaht Ledger, que estaria fazendo aniversário amanhã, 4 de abril.



Heath ficou muito conhecido por sua interpretação do Coringa no filme "Batman - o Cavaleiro das Trevas", e só por isso ele já merece ser o cara do post de hoje: ele simplesmente conseguiu personificar toda a maldade do personagem, a falta de sentimentos e a crueldade que são características desse vilão dos quadrinhos.


E o mais bacana no trabalho de Heath como Coringa é que a gente passa o filme todo numa mistura incrível de sensações - ora torcemos a favor dele, ora contra, pois suas atitudes são tão cruéis que não há como não admirar a forma como o Coringa age para conseguir o que quer: anarquizar a cidade de Gotham. E tudo isso é resultado de muita dedicação por parte do ator, tanto que certa vez ele chegou a declarar que sua mente nunca descansava enquanto gravava o filme, mesmo à noite, quando o corpo estava exausto e ele queria se desligar do personagem, não conseguia parar de pensar.

Algumas pessoas chegaram a argumentar, à época de sua morte, que tanta dedicação na construção de um personagem perturbado como o Coringa estaria levando Heath à loucura, e que ele teria morrido por causa disso. Ainda mais depois que ficou comprovada a causa de sua morte: overdose acidental de remédios.


Mas a carreira de Ledger não se resume apenas ao papel de Coringa, ele também atuou brilhantemente em "Coração de Cavaleiro" (2001), como o jovem William, um rapaz pobre que depois da morte de seu mestre decide participar de uma competição de justa, fazendo-se passar por um nobre. Para isso ele conta com a ajuda de alguns amigos que criam para ele uma árvore genealógica que não deixaria dúvidas sobre sua nobreza.


Ele também atutou no filme "O segredo de Brokeback Mountain" (2005), ao lado de Jake Gyllenhaal e Anne Hathaway. O polêmico filme mostra um relacionamento romântico de um casal do mesmo sexo, formado por Jake e Heath, entre os anos de 1963 e 1981, na região oeste dos Estados Unidos, e foi indicado para 8 categorias do Oscar em 2006, levando os prêmios de melhor direção para Ang Lee, roteiro adaptado e trilha sonora. Apesar de ser considerado o favorito na disputa pela estatueta de melhor filme, ele acabou perdendo para "Crash". Quando saiu de cartaz, o filme consquistou o oitavo lugar na lista dos filmes românticos de drama com maior bilheteria de todos os tempos.


Outro trabalho de destaque de Heath foi "10 coisas que eu odeio em você", comédia romântica de 1999, onde ele interpreta Patrick, um bad-boy misterioso que atenta conquistar a mocinha Kat (Julia Stiles). Esse filme é baseado em "A megera domada", de Shakespeare, e os personagens têm algumas características daqueles criados pela escritor: Patrick Verona é inspirado em Petrucchio, e seu sobrenome também faz referência à cidade onde se passa a trama de "A megera"; e a Kat Stratford, de Julia Stiles é muito parecida com Katharina Minola da peça de Shakespeare, também é orgulhosa e feminista e não quer se casar.


Por toda a sua história no cinema, Heath conquistou seu espaço. Infelizmente, nos deixou muito cedo, mas sua obra está ai para que possamos matar as saudades e relembrar de quão talentoso era esse ator australiano que conquistou fãs ao redor do mundo todo.

Encerramos com um trailer de "Batman - o cavaleiro das trevas" e a grande interpretação de Heath:

2 comentários:

  1. Oie amiga, tudo bem com você ?
    Espero que sim, pois eu ando ruim por causa da minha rinite, mas tirando isso tudo bem (risos)

    Estava vendo o seu post e achei bem legal. Mas eu lembrei, esse ator que fez o Batman morreu né ? Não sei nem o que aconteceu com o cara, só sei que ele pirou por ter feito o papel do curinga. Nem sei se é verdade, mas também nem posso dizer como é, pois nunca vi o filme e também porque não gosto de Batman hahahaha...mas enfim...

    Outra coisa Linda, gostaria de te convidar a passar em meu blog, pois tem uma resenha nova lá. Espero que goste e dê sua opinião. Beijinhos e se cuida.

    lovereadmybooks.blogspot.com.br
    Quem me linkar e me seguir farei o mesmo pelo seu Blog =]

    ResponderExcluir
  2. Heath Leadger morreu cedo demais, se destruiu. Ele tava no auge da carreira, e sempre em qualquer papel era incrível , saudade desse cara nos filmes, uma pena ele ter cedo. bjos
    http://pitadadecinema.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Olá! Que bom ter você por aqui!
Fico feliz em receber seu comentário, crítica ou sugestão. Pode falar a vontade, esse espaço é seu. Acompanhe a resposta ao seu comentário clicando em "Notifique-me".
Obrigada pela visita!