sexta-feira, 21 de junho de 2013

Sexta de música #26

Acredito que para os fãs de Game of Thrones o final da 3a. temporada da série exibida pela HBO foi um tanto quanto surpreendente. Pelo menos para quem (como eu) ainda não leu os livros (só li o primeiro). Não vou poder me aprofundar muito nos motivos que causaram tanta surpresa para não criar spoilers, mas, se você assistiu, sabe do que estou falando.


Com tanta coisa me incomodando após esse final tão incrível quanto decepcionante, só conseguia pensar no que mais pode sair da cabeça de George R. R. Martin, o criador dos personagens mais intensos da literatura, mas também o seu algoz.


Esse cara não se apega a nenhuma de suas criações, e é capaz de acabar com todos eles quando você menos espera. Então, quando ler os livros ou assistir à série, esteja preparado para tudo.


Como sempre faço relação entre a literatura e a música, fiquei imaginando qual seria uma canção com a cara de Martin: que trilha sonora ele ouviria enquanto estava imaginando a saga Game of Thrones? Será que ele é louco? Ou estaria apenas sob o efeito de drogas poderosas? A música que retrata o frenêsi que envolve o nascimento e a morte desses personagens tinha que ser bem agitada, beirando a insanidade, daquelas que te fazem querer pular sem parar. Vejam se concordam comigo:


Olha a referência ao pássaro que está sempre rondando o jovem Bran (rsrs).

Fazendo um contraponto a toda essa agitação do punk rock dos Ramones, vamos imaginar que um dos personagens agora pudesse se expressar através de uma única música, uma que disesse tudo aquilo que ele estava sentindo no exato momento em que a 3a. temporada da série terminou. Estou me referindo a Robb Stark: ele poderia usar uma das viagens psicodélicas do Pink Floyd para desabafar e colocar para fora todo o seu sofrimento. E ele teria quase 10 minutos para fazê-lo:


"Us, and them
and after all we're ordinary men.
Me, and you
God only knows it's not what we choose to do..."

"Nós e eles
e afinal somos todos homens comuns
eu e você
só Deus sabe que não é isso que teríamos escolhido..."

É isso aí, a casa Stark sempre nos emocionando com seus dramas... e suas péssimas escolhas.


2 comentários:

  1. Olha linda, pra vc ter uma ideia eu adoro essa série, mas eu não terminei ainda de ver a terceira temporada, tanto que tá gravado na minha SKY HDTV pra poder assistir o resto.
    Mas só que com esse negocio de blog eu acabei nem vendo direito (risos)
    Mas eu preciso terminar pra ver como termina, até porque eu quero ver o que acontece com a Khaleesi.

    Enfim...Gostei da sua postagem =]
    Depois passa no meu cantinho que tem novidade
    bjokas

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, você precisa mesmo terminar de ver, rs
      Obrigada pela visita.
      Bjo!

      Excluir

Olá! Que bom ter você por aqui!
Fico feliz em receber seu comentário, crítica ou sugestão. Pode falar a vontade, esse espaço é seu. Acompanhe a resposta ao seu comentário clicando em "Notifique-me".
Obrigada pela visita!