segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Um pouquinho de...


"Não sei que tipo de exaustão, ou talvez de fascínio, as mulheres lhe causaram, mas o fato é que quando eu tinha uns doze anos meu pai foi se desinteressando progressivamente das mulheres, ou melhor, se interessando por elas de uma forma inusitada: raspou o cavanhaque e começou a se travestir. Naquele tempo não se falava de crossdressing, homem que se vestia de mulher fora do Carnaval era traveco mesmo. Foi assim que aconteceu, de uma hora para outra, sem mais nem menos. Não houve nenhuma explicação plausível, nenhum período de depressão, nenhum amigo bonitão frequentando nossa casa. De repente, meu pai começou a se vestir de mulher, ir ao cabeleireiro e fazer coisas que as mulheres fazem."

página 38
capítulo 23

Um comentário:

  1. Que interessante esse quote, fiquei interessada no livro agora, sem falar que a capa do livro é tão interessante!

    beijos, Lu
    Lendo ao Luar

    ResponderExcluir

Olá! Que bom ter você por aqui!
Fico feliz em receber seu comentário, crítica ou sugestão. Pode falar a vontade, esse espaço é seu. Acompanhe a resposta ao seu comentário clicando em "Notifique-me".
Obrigada pela visita!