domingo, 30 de março de 2014

Relembrando: As terríveis aventuras de Billy & Mandy

Vocês conhecem o desenho "As terríveis aventuras de Billy & Mandy"? Com certeza ele está entre os meu preferidos de todos os tempos, e hoje vamos relembrar um pouquinho da estória, personagens e rever alguns episódios ;) 


Exibido pelo Cartoon Network desde 2001, esse é um desenho meio maluco que conta as aventuras da dupla de amigos Billy e Mandy (claro!), junto com o ceifador sinistro, Puro Osso, que acaba entrando na vida das crianças depois de uma aposta que eles fizeram com a morte para trazer de volta à vida o hamster de estimação de Billy. Como perdeu a aposta, Puro Osso foi obrigado a servir as crianças eternamente.


Só que o problema (ou a graça do desenho) é que todo mundo ali é totalmente pirado! Billy é um menino tão idiota que beira ao retardo mental. Seu cérebro fica dentro de seu nariz, que ele cutuca mais do que deveria para tirar meleca. Além de ser hiperativo, ele tem alguns acessos de raiva e muitas vezes tem atitudes exageradas com relação a acontecimentos do dia a dia. Um dos episódios que eu mais me lembro de Billy é quando ele fica tão apavorado com o aparecimento de um palhaço que fica durante vários minutos gritando a mesma frase: destruir legal!


Já Mandy tem uma personalidade totalmente contrária à de Billy: pra começar, ela não tem nariz (o que rende um episódio muito engraçado sobre o assunto) é cruel e rude o tempo todo, e aproveita da inocência do amigo para se aproveita dele. Ela não sente medo nem amor e raramente sorri. Quando o faz, usa o sorriso como forma de expressar ironia. A única vez que sorriu de verdade, o equilíbrio do universo foi afetado e eles foram parar no desenho "As meninas super poderosas".




Mandy aparece logo depois da abertura dos episódios com uma frase sarcástica dirigida direto ao público. Algumas dessas aparições trazem frases conhecidas, como a de Aleister Crowley, "Faça o que fizer, será tudo da lei", ou "Se dá valor a sua saúde a sua razão, fique longe do pântano" de "O cão dos Baskervilles" de Arthur Conan Doyle. Certa vez ela também lançou a maldição imperius nos telespectadores. 

O ceifador sinistro, que é a personificação da morte, já viveu milhares de anos e, quando criança, recebeu uma maldição de uma bruxa, que disse que ele seria escravo de duas crianças mortais. A predição se realizou e ele foi condenado a ser o melhor amigo de Billy e Mandy, que o obrigam a usar seus poderes mágicos para tirá-los de confusões. Em alguns episódios aparecem personagens que já conheciam Puro Osso antes, por ter feito parte da infância dele ou terem estudado juntos no colégio ou na faculdade.




Outros personagens que aparecem no desenho são: Irwin, um nerd apaixonado por Mandy que é filho de uma múmia e neto do Conde Drácula; Bicho Papão, rival de Puro Osso desde a infância que quer roubar os poderes sua foice para ter poderes mágicos; Fred Fredburger, um elefante muito irritante que adora iogurte gelado; Harold, pai de Billy e ainda mais burro que o filho; Gladys, mãe de Billy, doida de pedra; Mindy, ex-amiga e agora rival de Mandy; Pudim, amigo de Billy; Sperg, valentão da escola e também um idiota; Saliva, cachorro babão da Mandy; Milk Shake é o gato do Billy; General Cicatriz, ex-militar que tem apenas um olho, vizinho de Billy; Hoss Delgado, caçador de monstros que tem uma mão biônica que se transforma em diversos tipos de armas. Ele já se apaixonou por Eris, a deusa do caos, que por sua vez é uma antiga paixão de Puro Osso; ela sonha em dominar o mundo e instaurar o caos completo. Seu poder vem de uma maçã dourada chamada O Pomo da Discórdia.



Como todo o bom desenho adulto, "As terríveis aventuras de Billy & Mandy" traz inúmeras referências de outros sucessos da TV e do cinema, além de citações literárias importantes e participações em outros desenhos famosos: Billy já chamou um chocolate de precioso, assim como o personagem Smeagol; a mãe de Billy disse ao final de um episódio: "eu teria conseguido se não fossem essas crianças intrometidas", exatamente como os vilões de Scooby Doo fazem; Billy pediu a uma caveira que realiza desejos que queria que sua vida fosse parecida com o desenho clássico Jhonny Quest; Puro Osso chora ao ver o filme E.T; em outro episódio, ele também faz referência clara ao filme "O clube da luta" quando repete a frase: "estou em terras geladas... e vejo agora um pinguim"; um dos episódios da série leva o título de "Druída, cadê meu carro?", fazendo uma paródia ao clássico filme "Cara, cadê meu carro?"; Mandy já pilotou uma moto vermelha como a personagem do anime Akira, e vestiu uma roupa amarela idêntica a que Uma Thurman usou em "Kill Bill"; Billy encontrou Pinóquio e Gepetto dentro de uma baleia no episódio "Billy Oceano"; o fantasma de Lord Byron já encarnou em Billy para o ajudar a ser um cara legal; além de já terem feito paródias de Dragon Ball, Yu-gi-oh! e Harry Potter.


O trio já participou dos desenhos "A turma do bairro", "Mansão Foster para amigos imaginários" e "As meninas super poderosas".



O desenho também ganhou sua versão longa-metragem, "Billy e Mandy vs. o Bicho Papão", que também foi exibido pelo canal pago Cartoon Network

Uma curiosidade sobre o desenho é que o dublador brasileiro do Puro Osso é Orlando Drummond, que também faz as vozes de Alf, o ETeimoso, Popeye, Pepe Legal e Gargamel, nos Smurfs. Outro fato interessante é que brinquedos dos personagens já foram distribuídos pelo McDonalds em seu Mclanche Feliz (eu os tenho, mas essa foto não é minha):



Vou deixar aqui para vocês alguns episódios do desenho, espero que curtam e, se quiserem saber mais sobre Billy e Mandy, basta acessar o link do Wikipédia.

















Gostou? Então que tal estender a experiência com alguns jogos de Billy & Mandy? Clicando aqui você terá acesso a diversos jogos online e divertidos com os personagens do desenho, podendo num deles, inclusive, tirar meleca do nariz do Billy! 

6 comentários:

  1. Vale lembrar que essa gritaria de "destruir legal", já foi o toque do meu celular!
    hahahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagino esse toque berrando dentro do metrô ou de uma sala de aula, rsrsrs

      Excluir
  2. Nossa, eu amava assistir Billy e Mandy. Lembro que passava na hora do almoço, ai eu sempre comia na sala para poder assistir, apesar de que na maioria das vezes não era uma boa ideia porque o Billy fazia alguma coisa nojenta, hahaha'
    Mas muito bom mesmo seu post, descobri algumas coisas que minha mente infantil não conseguia captar, rs'
    O episódio do sorriso da Mandy foi um dos melhores!

    http://vicioseliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também adorava esse desenho Nina, e tenho saudades dele hoje.
      O Billy era muito nojento mesmo, rsrs
      Bjos!

      Excluir
  3. Como acaba o desenho??? Existe algum episódio de encerramento?

    ResponderExcluir

Olá! Que bom ter você por aqui!
Fico feliz em receber seu comentário, crítica ou sugestão. Pode falar a vontade, esse espaço é seu. Acompanhe a resposta ao seu comentário clicando em "Notifique-me".
Obrigada pela visita!