quinta-feira, 31 de julho de 2014

Alice no País das Maravilhas [Resenha]


"Quando decidiu seguir um coelho que estava muito atrasado, Alice caiu em um enorme buraco. Só mais tarde descobriu que aquele era o caminho para o País das Maravilhas, um lugar povoado por criaturas que misturam características humanas e fantásticas, como o Gato, o Chapeleiro e a Rainha de Copas - e que lhe apresentam diversos enigmas."

Essa leitura faz parte do Desafio Literário que estou participando no Skoob, e esse mês a meta era ler um livro indicado por outra pessoa. Então, minha amiga Carol, do blog Dramin, me indicou esse. Ah! E eu indiquei pra ela "Métrica", que, thank God, ela gostou *__*

Então, comecei a ler "Alice no País das Maravilhas" acreditando que já conhecia a estória, por causa da animação e do filme do Tim Burton, mas não... me surpreendi com as loucuras criadas por Lewis Carroll.

Apesar de o livro ser curtinho, demorei para terminar, por que a leitura não fluía. Não que eu não tenha gostado, só achei difícil acompanhar tantos elementos fantásticos numa estória tão rápida. Começando pelo Coelho Branco, sempre atrasado, procurando a Duquesa, que desperta a curiosidade de Alice e a leva a entrar no buraco misterioso. A partir daí ela começa a viver as mais loucas aventuras, desde ter sua altura diminuída a quase nada, e depois aumentada gigantescamente, até participar de um chá esquisito junto com o Chapeleiro Maluco.

A parte em que Alice joga croqué com a Rainha de Copas é bem tumultuada: a Rainha fica o tempo todo mandando cortar as cabeças de seus servos, que são cartas de baralho, sem saber que é enganada o tempo todo, pois os empregados apenas tiram as cartas de perto da Rainha e fingem cortar as cabeças.

Gostei da cena em que Alice ouve a história da Tartaruga Falsa, talvez por eu já ter tido uma tartaruga quando era criança. Essa Tartaruga é quase tão depressiva quanto o Marvin do "Guia do mochileiro das galáxias", e acaba ganhando a simpatia do leitor.

No final, achei interessante a forma como Carroll explicou tudo o que tinha acontecido com Alice, e ainda deixou uma nova aventura em aberto. Mas foi só isso: o livro não me conquistou, e, infelizmente, não vai ficar entre os meus favoritos.

Alice no País das Maravilhas
Lewis Carroll
editora L&PM Pocket
171 páginas
nota do blog: 3
nota do Skoob: 4.1

Sei Que Eu Sei News #15


Hoje é aniversário de J. K. Rowling e também do personagem Harry Potter, que estaria fazendo 34 anos. O fandom comemora e parabeniza a ambos pelas redes sociais. Eis que Rowling usa seu perfil no Twitter para agradecer a todos que lhes desejaram felicidades:


Para aumentar o alvoroço entre os fãs da saga, a editora Galera Record anunciou, também no Twitter, que tinha uma novidade para revelar sobre o universo Harry Potter, e pediu para que colocassem nos TT's a hashtag #GaleraHarry, o que foi rapidamente atendido. E a editora mostrou seu grande lançamento, ainda sem data, no Facebook:


Segundo a editora,  "O livro das criaturas de Harry Potter" e um olhar fascinante sobre como esses  seres ganharam vida para a bem-sucedida série de filmes Harry Potter. Perfis detalhados de cada criatura incluem ilustrações conceituais raras, fotografias dos bastidores e segredos cinematográficos dos arquivos da Warner Bros. Pictures. Um pôster removível retratando todas as criaturas e um catálogo interativo do Empório das Corujas completam esta indispensável coleção. Tudo isso em uma lindíssima edição de capa dura!".


Também foi confirmada a data de estreia da adaptação de "Animais fantásticos e onde habitam" nos cinemas. J. K. divulgou que o filme chegará às telonas em 18 de novembro de 2016. 

Na trama, o autor do livro, Newt Scamander, mostrará as aventuras que viveu enquanto pesquisava e conhecia os animais fantásticos que dão nome ao livro. Os eventos se passarão 70 anos antes de tudo o que aconteceu na série Harry Potter, mas Scamander vai encontrar alguns magos bem conhecidos nossos, como o próprio Dumbledore.

Não conhece o livro, já tem resenha no blog, basta clicar aqui e ler, rapidinho =)

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Parceria: Editora Arwen - Lançamento



Abrindo os trabalhos com a primeira Editora Parceira do blog, (uhu!!!), vou mostrar para vocês o próximo lançamento da Arwen, que, para minha alegria, é um livro de poesia:


"Esmeralda", da autora Cida dos Santos, será lançado em agosto. Confiram a sinopse:

"Quando a lua surge no céu estrelado e o fogo crepita na fogueira como as chamas de uma fênix, um dueto se inicia. Convidada pelo imperador cigano, Esmeralda responde ao seu canto com histórias em forma de prosa enquanto dança ao som da viola. Um dueto poético que mistura fé, magia e história. Assim a natureza surge em cada palavra da cigana, nos ensinando sobre as belezas deste mundo."

A autora Cida Santos é paulista e tem 71 anos. Começou a escrever cedo e incentivada a continuar, acreditou na beleza das suas palavras em forma de poemas. Virou escritora poetisa, que vê a vida de forma diferente e escreve a beleza daquilo que vive.

Estou super ansiosa para ler "Esmeralda", e em breve trago a resenha para vocês ;)

Para conhecerem mais sobre a Editora Arwen e seu catálogo, acessem: Site Oficial, Facebook, Twitter.

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Maurício de Souza faz homenagem a Ariano Suassuna

O escritor Ariano Suassuna, morto na última semana, recebeu uma homenagem póstuma fofa do cartunista Maurício de Souza. 

No desenho, Suassuna está no céu ao lado de Nossa Senhora Aparecida, entre nuvens, observando o personagem Anjinho, da Turma da Mônica, que segura o livro "O auto da compadecida", e repete o bordão que ficou famoso principalmente depois da adaptação da obra para o cinema em 2000, quando Selton Melo, interpretando o sertanejo Chicó, repetia constantemente: "Não sei, só sei que foi assim":



sexta-feira, 25 de julho de 2014

Dia Nacional do Escritor


Olá leitores! A morte tem sido implacável com nossos autores esse mês, não? Mas apesar de ter levado 3 deles, ainda temos inúmeros escritores brasileiros maravilhosos, tanto aquele já famosos quanto os que estão começando a carreira agora. Todos eles são homenageados hoje, no Dia Nacional do Escritor.

Aqui no blog, para marcar a data de uma maneira diferente, vou mostrar um pouquinho da participação de alguns autores nacionais no Twitter, minha rede social preferida.

Com a ajuda de um aplicativo, é possível descobrir qual foi a primeira coisa que cada um postou no Twitter, e, acreditem, algumas postagens são bem... estranhas:

- Marcelo Rubens Paiva, autor de "Feliz ano velho" e "Blecaute":


- Thalita Rebouças, autora de "Fala sério, mãe" e "Tudo por um pop star":


- Pedro Marques, autor de "Clusters", Crítico Literário e Professor:


- Tati Bernardi, autora de "A mulher que não prestava":


- Cely Borges, autora de "O menino que perdeu a magia":


- Edson Rossato, autor de "Cem toques cravados":


- Carolina Munhóz, autora de "A fada" e "Feérica":


- Samanta Holtz, autora de "Quero ser Beth Levitt":


- Leila Rego, autora de "A segunda vez que te amei" e "Amigas imperfeitas":


- Eduardo Sphor, autor de "A batalha do apocalipse":


- Affonso Solano, autor de "O espadachim de carvão":


- Raphael Draccon, autor de "Dragões de Éter":


- Leonel Caldela, autor de "O código élfico":


- André Vianco, autor de "Os sete", "Sétimo" e "O senhor da chuva":


- Georgette Silen, autora de "As crônicas de Kira":


- Henrique Pimenta, autor de "99 sonetos sacanas e 1 canção de amor":


- Mila Wander, autora de "Despedida de solteira":


- Maurício Gomyde, autor de "A máquina de contar histórias":


- Tony Bellotto, autor de "Os insones" e "Bellini e a esfinge":


Esses são apenas alguns dos autores nacionais que eu sigo no Twitter. Futuramente, também poderia fazer um post só com twits de escritores estrangeiros, o que vocês acham?

Gostaram do aplicativa e querem descobrir qual foi o primeiro post de alguém? Então cliquem aqui e usem a vontade.

Comentem, critiquem, só não deixem de dizer o que acharam do post ai no final, ok?


quinta-feira, 24 de julho de 2014

Um caso perdido [Resenha]


"Às vezes, descobrir a verdade pode te deixar com menos esperança do que acreditar em mentiras. Em seu último ano de escola, Sky conhece Dean Holder, um rapaz com uma reputação capaz de rivalizar com a dela. Em um único encontro ele consegue cativá-la e amedrontá-la, e algo nele faz com que as memórias de seu passado conturbado comecem a voltar, mesmo depois de lutar tanto para enterrá-las. Mas o misterioso Holder também tem sua parcela de segredos escondidos que, quando revelados, mudarão radicalmente a vida de Sky."

Colleen Hoover está se especializando em me emocionar com suas estórias. Depois de me deixar comovida com "Métrica" e apaixonada por "Pausa", agora ela vem com dois personagens marcados pelo sofrimento e que precisam tanto um do outro que nem todas as adversidades da vida conseguem separá-los.

No início do livro, quando Sky encontra Holder pela primeira vez, eu comecei a imaginar o que poderia dar errado entre eles, mas a hipótese que cogitei estava totalmente errada (ainda bem!). Depois, com o decorrer da leitura, parei de tentar perceber nas entrelinhas o que ia acontecer com eles, para não estragar a surpresa. E assim, pude sentir todo o sofrimento de Sky e toda a paixão de Holder, me sentindo quase parte da vida deles.

Sky é adotada, sua mãe é contra qualquer tipo de tecnologia, inclusive televisão, e isso em certo momento causa estranheza, mas é totalmente possível existir uma pessoa assim. E Sky, que foi educada em casa, tem uma única amiga, Six, que divide com ela suas aventuras noturnas: ambas se encontram, cada qual em seu quarto, com vários garotos, o que faz com que elas tenham uma péssima fama entre os outros adolescentes. Mas Sky só descobre isso quando, para terminar o último ano do colégio, convence sua mãe de que precisa ir à escola.

É lá que Sky conhece outra figura, seu amigo gay-mórmon que é o responsável pelo alívio cômico na narrativa, junto com Six, que também tem tiradas bem divertidas. Aliás, a autora do livro é perita em criar amigos interessantes para seus personagens principais: também fez isso em "Métrica" e "Pausa", e deu super certo.

Apesar de ficar com diversos meninos diferentes, Sky nunca sentiu nada verdadeiro por nenhum deles. Mas, no momento em que vê Holder, ela sente algo diferente. Até tenta lutar contra esse sentimento, mas não consegue, e vai se aproximando cada vez mais do menino, indo contra todos os conselhos de Six, que pediu para Sky se afastar dele. Há boatos de que Holder espancou um menino no ano anterior e depois foi preso, por isso, estava afastado da escola.

Em pouco dias, Holder invade a vida de Sky, e ela adora. Ele é muito fofo, está sempre transitando entre um mau humor insuportável e sem explicação e momentos doces e meigos em que faz Sky se sentir uma rainha.

Claro que Sky se apaixona perdidamente por Holder, e ele parece corresponder esse sentimento, mas quanto mais próximo eles ficam, mais as lembranças do passado de Sky surgem, coisas que ela nem se lembrava de ter vivido, e que agora parecem muito reais em sua cabeça. Holder vai aos poucos preparando terreno para revelar a Sky um acontecimento do passado que vai virar sua vida de cabeça para baixo.

Mesmo se sentindo perdida e sem saber quem realmente é Sky, encontra forças em Holder, e os dois acabam ficando ainda mais juntos. Compartilham momentos felizes e outros de extrema tristeza, que só fortalecem o que sentem um pelo outro. Na hora de tomar a decisão mais difícil de sua vida, Sky se apoia em Holder e consegue sonhar novamente com um futuro feliz.

O livro é uma composição de momentos muito felizes, de descoberta do primeiro amor e de dias extremamente confusos, onde a personagem Sky não consegue separar alguns traumas de sua infância dos acontecimentos atuais, mas todo esse mix de sensações constroem uma estória linda de superação e confiança no próximo. Holder é apaixonante, e mesmo em seus momentos de fúria foi impossível não gostar dele. Ao final da leitura tudo se encaixa e as atitudes dele são explicadas, o que só me fez admirá-lo ainda mais.

Para quem gosta de um bom romance, com pitadas de humor e muito sofrimento, essa é uma leitura super indicada. A narrativa é fluida e é quase impossível largar o livro antes do final. Mesmo com toda dificuldade enfrentada por Sky, é possível se divertir e se apaixonar pelo casal. Além disso, o livro fala sobre um assunto muito difícil, mas que não deve ser ignorado, e, como fica claro nessa estória, quanto mais escondemos nossos problemas, maiores eles ficam, podendo até atingir pessoas inocentes.


Um caso perdido
Colleen Hoover
editora Galera Record
384 páginas
nota do blog: 5
nota do Skoob: 4.7

Cinquenta Tons de Cinza - Trailer Oficial

A mulherada hoje está em polvorosa!

Saiu o tão aguardado trailer do filme "Cinquenta tons de cinza", que tem estreia prevista para fevereiro de 2015, baseado no best seller de E. L. James, com Dakota Johnson e Jamie Dornan como Anastasia Steele e Chrstian Grey. Confiram a versão legendada:






E ai, o que acharam? Eu continuo não concordando com a escolha do ator, mas melhor esperar para ver o que vai ser ;)

O que chamou bastante a atenção foi a trilha sonora, com uma nova versão de "Crazy in love", da Beyoncé. Ficou perfeita"

Minha cena  preferida até agora:



quarta-feira, 23 de julho de 2014

Semana do Livro Nacional



A primeira edição da Semana do Livro Nacional foi realizada em 2013, e foi um sucesso! Com eventos literários acontecendo em 16 cidades do Brasil e mais de 200 autores participando, batendo papo com os leitores e promovendo seus livros, o evento precisava ter essa segunda edição.

Então, desde o dia 19 até o próximo dia 27 estarão acontecendo encontros entre leitores e autores nacionais para promover e compartilhar seus livros. Serão 25 cidades no país todo e cerca de 500 profissionais do mercado literário: escritores, blogueiros, editoras e livrarias.

Cada uma das cidades participantes vai ter um tema específico a ser debatido no encontro, com o intuito de promover um bate papo bacana entre leitores e autores, para aproximá-los cada vez mais. 

Quer saber se na sua cidade vai ter evento? Acesse o site oficial do projeto clicando aqui, e confira data e local de todos os encontros. Não percam, vai ser muito legal esse contato com os autores nacionais contemporâneos.

Para quem mora aqui na região de Campinas (SP), o bate papo acontecerá no próximo sábado, na Livraria Saraiva do Shopping Iguatemi, vamos?

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Parcerias

Olá leitores! É com muita alegria que venho compartilhar com vocês as recentes parcerias que o blog conquistou:



O Blog Dramin da minha amiga Carol P. é muito legal: além de falar sobre livros ela também comenta sobre músicas e filmes, com aquele jeitinho todo especial que ela tem. Não deixem de conhecer o Dramin, porque agora ele também é meu parceiro em todos os sorteios futuros que farei por aqui, rs.




"Os dragões de fogo" é um dos blogs mais bacanas que eu conheci recentemente. O Kaio escreve super bem, seus textos são bem estruturados, e ele sempre fala sobre assuntos interessantes por lá. para mim, o diferencial do Dragões é aquele aviso que ele sempre trás no início de suas resenhas alertando para a presença ou não de spoilers, assim, o leitor já sabe o que vai encontrar pela frente. E também é muito legal a pontuação que o Kaio concede no final de cada post para o livro, filme ou série que ele está resenhando. Visitem, prestigiem!




Gente, a dona do "No matter what", Lerissa, é uma fofa, e desde o layout até o conteúdo, vale muito a pena conhecer esse espaço. O NMW, como a própria Lery chama o blog, está recheado de ótimas resenhas dos mais diversos livros, então, não percam tempo e conheçam ;)




Lá no "Clá de leitores" você se sente realmente um leitor: a Neyla ama livros e transmite todo esse amor para suas resenhas. Ela também fala dos mais diversos assuntos, deixando o espaço bem diversificado. Então, que tal conhecer agora?




E, finalmente, o blog conseguiu sua primeira editora parceira: a Arwen está no mercado desde 2012, conquistando leitores com publicações jovens e criativas. Dando espaço para autores nacionais mostrarem seu trabalho, a Arwen realiza o sonho de muita gente e enriquece ainda mais o mundo literário com publicações de qualidade.

Então, a partir de agora, o blog está com a Arwen nessa missão de conquistar leitores e divulgar cada dia mais a literatura nacional. Que nossa parceria possa render bons frutos!

Espero que tenham curtido as parcerias e deem uma passadinha em cada um dos blogs para conhecer esse trabalho tão bacana feito pelos meus colegas.

domingo, 20 de julho de 2014

A Trilogia "Não Pare!" ganhará edição impressa pela Editora Valentina



A Editora Valentina vai publicar a trilogia "Não pare!", que está entre as mais vendidas da Amazon!!!

Atendendo ao pedido de vários blogueiros, a Valentina decidiu, enfim, publicar a versão física dos livros da autora FML Pepper, e fazer a alegria de seus fãs.

Para conhecer os dois primeiros livros e ler as sinopses, acessem os links do Skoob:



E se vocês ainda não sabem, FML Pepper é uma autora brasileira! Acessem o site dela e conheçam mais do seu trabalho clicando aqui. Lá tem um teaser do primeiro livro que vai fazê-los ficar com ainda mais vontade de ler ;)

quarta-feira, 16 de julho de 2014

SQS Indica: Podcasts literários


Vocês gostam de podcasts? Eu comecei a ouvir podcasts há mais ou menos um ano, e, por indicação de alguns amigos, comecei pelo Nerdcast (já falei sobre isso aqui). Depois, fui pesquisando aqui e ali, e descobri que tem uma galera muito bacana fazendo podcasts dedicados à literatura =)

Passei a acompanhar esses programas e fiquei viciada neles. Acabei conhecendo pessoas legais, inteligentes, e, como eu e vocês, apaixonadas por literatura.

Então hoje quero compartilhar com vocês três desses podcasts específicos sobre literatura que se tornaram obrigatórios para mim. Além de ouvir as novas publicações, comecei a ouvir as antigas também, e fui me acostumando cada vez mais com a companhia desse pessoal. Sem mais delongas, vamos a eles:



Livrocast: hospedado no site Lokotopia, tem como hosts Marcelo Zaniolo e Diego Lokow, e fala sobre livros de uma forma bem descontraída. Porém, não se enganem, eles entendem do assunto. Sempre com um ou mais convidados, os meninos discutem todos os gêneros literários e expõem suas opiniões sobre tudo que envolve o universo da literatura.

O primeiro Livrocast que ouvi foi sobre "A culpa é das estrelas", e nele o Diego fez algumas piadinhas que me passaram a impressão errada sobre eles. Fiz algumas críticas via Twitter e os meninos responderam meus comentários, me convencendo a dar uma nova chance ao podcast. Ainda bem, porque percebi que aquele era o estilo deles e que não estavam fazendo pouco caso da obra. Fui me acostumando acabei viciada no Livrocast, tanto que comecei a ouvir os mais antigos também.

Há alguns dias ganhei num sorteio do Livrocast o livro "On the road", que é uma das minhas próximas leituras.


Caulosocast: conheci esse podcast lá no Livrocast, e me encantei com a paixão do host Lucien, o bibliotecário (sim, é assim que ele se apresenta) pela literatura. Ele sempre fala com entusiasmo sobre os livros que lê, mesmo quando tem críticas a fazer. Uma das participantes do cast é Serena, irmã de Lucien, que também é uma figura: num primeiro momento ela pode parecer exigente demais e até um pouco implicante, mas no fundo ela é uma fofa.

Foi no Cabulosocast que conheci a Domênica Mendes, uma menina inteligente, simpática e muito atenciosa, de quem fiquei fã, e que mantém uma coluna no Leitor Cabuloso chamada "Sabia que tem livro?", falando de filmes e séries que são baseadas em obras literárias.

Além disso, o Leitor Cabuloso também tem a LCTV, canal do Youtube onde Lucien e Serena mostram a cara para falar de literatura e tudo mais que eles quiserem, rs.


30 minutos: E mais recentemente conheci o 30 minutos, também por intermédio do Livrocast. Aqui o trio Vilto Reis, Gustavo Magnani e Cecília Garcia dão ao ouvinte "sua meia hora alucinógena de literatura". Eles conversam sobre diversos livros, autores, mercado editorial e tudo o que envolve esse universo tão querido por nós. Apesar de ser curtinho, o podcast é muito bem produzido e os participantes, com seu jeito descontraído de conduzir a conversa, conseguem passar sua opinião sincera sobre os livros que leram (ou não).

Fiquei fã do podcast quando ouvi o episódio sobre José Saramago: foi muito bom ouvir o Vilto e a Cecília falando tão bem de um escritor tão querido e tão importante para a literatura mundial. Imperdível.

É isso queridos leitores, espero que se animem a conhecer esses podcasts literários, e tenho certeza que vocês não vão se arrepender.

Mas não me abandonem! Vão ouvir os programas e depois voltem para me contar o que acharam ;)

terça-feira, 15 de julho de 2014

Personagens Disney como os de "Orange is the new black"



A nova queridinha do momento é a série "Orange is the new black", do canal pago Netflix. Aproveitando a onda de sucesso, a designer gráfica Marya Bayley combinou alguns personagens famosos da Disney com os da série e obteve um resultado muito bacana. Observem as imagens e depois me digam se não ficaram incríveis:


Belle como Daya

Elsa como Piper

Ariel como Red

Mulan como Alex

Tiana como Sophia

Rapunzel como Nicky

Branca de Neve como Gloria

Príncipe Eric como Pornstache

Gostaram? Comentem, façam uma blogueira feliz :)