terça-feira, 12 de agosto de 2014

Destruir esse livro ou terminar esse diário? A vez dos livros interativos.

Olá leitores! Vocês viram que "Destrua este diário" está fazendo escola? Pois é. Semana passada vi no Submarino um livro chamado "Uma página de cada vez", onde o autor Adam J. Kurtz, que é artista gráfico, propõe ao leitor/usuário que teste sua criatividade e reflita sobre a própria vida através das páginas de sua criação, através de brincadeiras e provocações divertidas.


Claro que fiquei curiosa para ver quais seriam as sugestões do autor para leitor fazer essa reflexão, mas também me lembrei da máxima usada por aquele apresentador de TV, "nada se cria, tudo se copia". "Uma página de cada vez" lembra muito o diário de Keri Smith, com a única diferença que aqui nada será destruído.

Como a sinopse do livro no Skoob diz, a brincadeira pode ser "uma pergunta, uma sugestão de desenho ou um pedido para que você crie uma lista de músicas para seu amor verdadeiro ou das melhores fatias de pizza que comeu na vida", ou "cole objetos inusitados nas páginas do livro e compartilhe nas redes sociais algumas das anotações feitas nele".

Gostaram? Ficaram curiosos? Se quiserem comprar aproveitem esse link aqui.

Outro livro que me chamou a atenção e que segue a mesma linha autoajuda/passatempo foi "Termine este livro", da mesma criadora de "Destrua este diário":


Dessa vez, Keri pede ao leitor que ele se torne o próprio autor do livro, ao fornecer informações e caçar pistas para desvendar um mistério. Aqui o objetivo também é a reflexão, além da "interação entre o leitor e a obra", segundo a editora Intrínseca, responsável pelo lançamento aqui no Brasil.

O livro está em pré-venda e vocês podem comprá-lo clicando aqui. Leiam a sinopse abaixo:

"Um livro de conteúdo profundamente misterioso foi abandonado em um parque. As páginas, soltas, foram embaralhadas pelo vento, e a capa, quase ilegível, exibia as palavras Manual de Instruções. Keri Smith, autora de 'Destrua este diário', oferece ao leitor um novo desafio - decifrar o que há por trás dessa história e completar o conteúdo desconhecido da obra. E é claro que Smith não deixaria o leitor desamparado: a fim de realizar a missão, ele passará por um treinamento intensivo nas artes da espionagem e aprenderá a desvendar códigos secretos, reconhecer padrões ocultos no ambiente e usar a criatividade para dar a objetos comuns, utilidades extraordinárias."

Vejam alguns trechos do livro:

Interessante, não? No mínimo dá vontade de saber como será esse treinamento, rs.

E para quem é muito fã de "Destrua este diário" e gosta de ter todas as versões de um mesmo livro, a Intrínseca lançou mais essas duas capas diferentes, que ficaram bem bacanas:


Curtiram? Então não deixem de comentar no final do post, ok?

14 comentários:

  1. A proposta desses livros é muito louca né....
    Gostei particularmente do título do seu post!
    O que eu acho mais bacana é que de fato eles deveriam ser utilizados nas escolas para desenvolvimento de atividades dos alunos.
    Outra coisa bacana é que é uma forma diferenciada de você estimular a paixão pela leitura nas crianças e adolescentes.
    Como "nada se cria, tudo se copia" (=P) esses livros interativos me lembrar aqueles livros gigantes de atividades de pintar e colorir feito para crianças, lembra?

    Muito bacana Jô! =)
    Beijoca (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com vc Dô, esse livros seriam uma ótima ferramenta para trabalhar leitura nas escolas, principalmente no Ensino Fundamental, concretizando o gosto pelos livros desde cedo. Eu acho que a ideia inicial dos autores deve ter surgido de um desses livros para colorir mesmo, rs.
      Obrigada pelo carinho, venha sempre me visitar ;)
      Bjos!

      Excluir
  2. Oi Joana!
    Gostei muito do seu post. Eu particularmente, não conheço a premissa do livro "Destrua este Diário", pois eu não o li. O que você trouxe sobre o "1 página de cada vez" é muito interessante para motivar as pessoas a iniciarem uma paixão pela leitura.

    Beijos
    http://estantedafer.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É vdd Fer, esses livros seriam perfeitos para arrebatar novos leitores, e fazer com que eles se apaixonem pela literatura.
      Bjos!

      Excluir
  3. Jo já estou com 1 página de cada vez em casa, só não tive tempo de começar a trabalhar nele ainda. Eu achei a ideia bacana porque eu não tive a oportunidade de entrar na onda de Destrua esse Diário, então foi uma agradável novidade descobrir esse lançamento. A ideia de termine esse livro também parece interessante, será que vão fazer o mesmo sucesso que o primeiro deles?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha Ju, para falar a vdd, eu fiquei bem curiosa com "Termine este livro", acho que ele faz mais meu tipo que o Diário, que, aliás, ainda não terminei de destruir, rsrs.
      Bjos!

      Excluir
  4. Oooi flor, eu diria até que é IMPERATIVO.
    Tinha notado esses títulos. Ficam na sua mente por dias!

    Bjus. Mar Paschoal
    www.LaGarota.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mar! Eu estou curiosa para ver "Termine este livro", que foi o que mais me chamou a atenção.
      Bjos!

      Excluir
  5. Oiii Joana =DD
    Adooro Destrua Esse Diário, mas tadinho, esta parado já faz um tempo XD
    HAUAHAUAHUA
    Ahh eu amei os novos que vem ai, principalmente o Termine Este Livro *-*
    Sobre a Bienal...sim estarei lá no dia 23 pra ver o Coben *-*
    Nossa super apoio..temos q ser amigos e não inimigos U___U
    Adoorei saber que vc vai *-*
    Se quiser podemos marcar de nos encontrar lá...só me mandar um e mail ou avisar no blog msm q eh nois \O/
    HAUAHU
    Bjoos <33
    http://chacombolacha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fechou Lih! Eu te mando email e a gente combina. Vou com outra amiga blogueira, e aproveitamos para nos integrarmos mais ;)
      Bjos!

      Excluir
  6. Eu adoro a ideia de livros interativos e gostei muito desses dois. Apesar de ter lido muita coisa negativa sobre "destrua este diário", eu gostei da ideia, assim como gostei dos outros (principalmente o "termine este livro).
    Beijo

    http://canastraliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dani, eu gostei de "Destrua este diário", só não tenho muito tempo para trabalhar nele. E, apesar de me interessar muito por "Termine este livro", acho que vou acabar na mesma situação: empurrando com a barriga, rsrsrs.
      Bjos!

      Excluir
  7. Oi Joana. :) Eu não me interesso muitooo por esse tipo de livro, pq da uma dor no peito pensar em destruir, riscar ou outras coisas mais em um livro. Ashuashua. Mas quando eu era mais nova, tinha uma coleção de livros (não lembro o nome) que tinha misterio e tal e o leitor ia fazendo o livro de acordo com as páginas que ia lendo. Para cada leitor a história era diferente. Era bem interessante. Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gih! Sabe que no começo eu tbm tinha uma dó danada de estragar o livro, mas depois de muito pensar, cheguei à conclusão de que, já que ele foi feito para isso, tinha que fazê-lo, até pq, tenho tantos outros livros para cuidar e idolatrar, que não faria mal estragar unzinho, rsrsrs.
      Esse tipo de livro que vc lia qdo pequena é muito legal, eu lembro deles! Acho que deveria ser adotados nas escolas ainda hj, pra ajudar a concretizar o gosto pela leitura.
      Bjos!

      Excluir

Olá! Que bom ter você por aqui!
Fico feliz em receber seu comentário, crítica ou sugestão. Pode falar a vontade, esse espaço é seu. Acompanhe a resposta ao seu comentário clicando em "Notifique-me".
Obrigada pela visita!