segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Um pouquinho de...

"A única coisa que parecia nunca mudar era a cidade na hora da transição entre a tarde e a noite. Sempre ficava sombria, distante, ignorando o que se passava. Eram milhares de lares em toda a cidade, e alguma coisa estava acontecendo em todos eles. Havia um tipo de história em cada uma, mas independente. Ninguém mais sabia. Ninguém mais se importava, Ninguém mais sabia sobre Sarah Wolfe e Bruce Patterson, nem ligava para o tornozelo de Steven Wolfe. Ninguém mais, lá fora, rezava por eles ou rezava repetidas vezes por Rebecca Conlon. Ninguém.
Então percebi que havia apenas um eu. Havia apenas um eu que  podia se preocupar com o que estava acontecendo aqui, no interior das paredes da minha vida. Outras pessoas tinham os próprios mundos com os quais se preocupar e, no fim, tinham que cuidar delas mesmas, assim como nós."

(páginas 74/75, capítulo 6)

4 comentários:

  1. Noooossa! Que quote incrível! Vai ter resenha desse livro, né? >< Ou já tem? Bjs!

    PS: amei isso "o que fazemos por amor não pode se tornar mais um fardo, ou é melhor deixar para lá.", de uma blogueira super sábia. Rs' Bjs

    http://gabryelfellipeealgo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Gabryel! Essa frase realmente deve ter vindo de uma blogueira muito sábia, rsrsrsrs.
      Vai ter resenha sim, essa semana, aguarde ;)
      Bjos!

      Excluir
  2. Olá Joana!
    Eu gosto muito de quando você traz trechos de livros aqui no blog.
    Esse eu gostei bastante, principalmente da frase: "Então percebi que havia apenas um eu. Havia apenas um eu que podia se preocupar com o que estava acontecendo aqui, no interior das paredes da minha vida."
    Parabéns pela escolha!

    Beijos
    http://estantedafer.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fer!
      Sabe, eu me surpreendi com a profundidade de alguns trechos desse livro. À primeira vista ele parece bem simples e inocente, mas tem alguns pensamentos bem interessantes sobre a vida do personagem. Enfim, aguarde a resenha para mais elogios, rsrsrs.
      Bjos e obrigada pela visita ;)

      Excluir

Olá! Que bom ter você por aqui!
Fico feliz em receber seu comentário, crítica ou sugestão. Pode falar a vontade, esse espaço é seu. Acompanhe a resposta ao seu comentário clicando em "Notifique-me".
Obrigada pela visita!