sábado, 20 de setembro de 2014

Momento HQ (Old School)- Thanos, em busca do poder



Olá leitores! Essa semana resolvi falar sobre um personagem secundário dos quadrinhos, porém, um dos meus preferidos: Thanos de Titã.

Para quem assistiu "Os guardiões da galáxia" e se surpreendeu com a participação desse soturno vilão, há uma boa notícia: ele estará presente nos próximos lançamentos da Marvel e, provavelmente, as Joias do Infinito serão protagonistas da estória.  


Então hoje vou falar sobre a saga "Em busca do poder".

Thanos está contemplando o Poço do Infinito quando descobre uma maneira de se tornar invencível e se igualar à sua eterna amada, a Morte. Em sua reflexão, percebe que cada uma das joias do infinito possui um determinado poder, mas seus donos não sabem como usá-los, nem tampouco fazem ideia de que, juntas, elas possuem muito mais força.

Então ele pede a permissão para a Morte para percorrer o universo atrás das gemas. O Intermediário tem a primeira, seguido pelo Campeão, o Jardineiro, o Corredor, o Colecionador e, finalmente, o Grão Mestre. Diante de cada obstáculo econtrado Thanos reage de uma forma diferente, usando muito mais a estratégia e a astúcia do que a força.

Essa mini saga dura apenas dois volumes, mas é a base para a próxima aventura de Thanos, "As joias do infinito", onde ele envolve a manopla - Os Vingadores e até o Homem Aranha - mas isso é resenha para o futuro. 

Vale comentar que estes quadrinhos fora, lançados há muitos e muitos anos atrás, quando a Abril ainda publicava as revistas da Marvel e o Brasil vivia o regime do Cruzeiro. Peguei as revistas emprestadas com um amigo, que as comprou num sebo. Essa é uma ótima dica para novos leitores: vão à sebos atrás de histórias passadas; sagas curtas em geral são facilmente encontradas e são sempre incríveis. A Panini também iniciou uma saga com o Thanos chamada "Infinito", que eu ainda não li, então não sei se trata-se de um reboot ou algo assim, mas recomendo sem medo. O segundo número foi lançado esse mês, e serão apenas seis no total. Portanto, corram e se juntem ao vilão mais sinistro da história!

Um saudosista de carteirinha diria que não se fazem mais estórias como antigamente. E eu diria: boooooring!




João Oliveira, escreve aqui sobre quadrinhos, e mantém o blog NBA Time, onde fala sobre sua paixão pelo basquete.
@oliveira_jh

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Que bom ter você por aqui!
Fico feliz em receber seu comentário, crítica ou sugestão. Pode falar a vontade, esse espaço é seu. Acompanhe a resposta ao seu comentário clicando em "Notifique-me".
Obrigada pela visita!