segunda-feira, 2 de março de 2015

Contos de fadas sangrentos [Resenha - Parceria]

onde comprar: Ponto Frio//Saraiva//Cultura

"Os contos de fadas fascinam há séculos crianças e adultos. Muitas versões dessas histórias já foram contadas tanto na literatura quanto no cinema, grande parte delas de forma adocicada, atenuando o seu impacto. Rosana Rios apresenta nesta edição contos pouco conhecidos e muito mais assustadores. A autora mantém os elementos primordiais das narrativas e resgata, assim, a essência e o vigor dos contos de fadas mais antigos."

Logo na introdução, Rosana Rios nos explica qual vai ser o tom de seu livro: uma versão mais 'pesada' dos contos de fadas, como ela ouvia quando era criança. Segundo a autora, os contos de fadas vêm sendo muito romantizados a fim de não assustar mais as crianças com seus finais macabros ou cruéis, 

As estórias reunidas aqui são versões encontradas em antigos livros dos Irmãos Grimm, Charles Perrault e Hans Christian Andersen, que foram selecionados pela autora por conterem um fundo educativo: apesar de serem bem contundentes, falando abertamente de mortes terríveis e pessoas muito más, cada um dos contos ensina que quem é bom e correto é recompensado, enquanto quem quer tirar vantagem em tudo ou viver à margem da lei precisa ser castigado (e será), transmitindo aos pequenos a mensagem de que, aquele que comete um crime, tem que pagar por ele.




Rosana reuniu nessa compilação cinco contos que têm heróis e bandidos, mocinhos e mocinhas, e donzelas em perigo, como um bom conto de fadas tem que ser, mas que, por outro lado, mostram o lado mais sombrio de uns, e a bondade que outros têm no coração.

"O noivo ladrão", "O estranho pássaro", "O filho perdido", "O pássaro de fogo" e "Sob o junípero" podem não ser tão conhecidos da grande massa atualmente, e a proposta da autora ao compilar essas estórias é exatamente trazê-los para perto das crianças, para que a moral de cada um desses contos seja absorvida por elas e aplicada em suas vidas.




A edição da Farol impressiona: as páginas não mais grossas, portanto, mais resistentes, a fonte e o espaçamento facilitam a leitura, e as ilustrações de Jean-Claude R. Alphen dão o acabamento final que o livro merece. Toda a arte está perfeita, permeando os contos com uma imagem que resume exatamente o que está acontecendo em cada um deles.

No final do livro a autora explica a origem e o significado de cada uma das estórias, inclusive com a variação de interpretação de uma região para outra.




O livro está muito bonito, e suas estórias devem ser lidas para as crianças sim, para que elas conheçam esse lado mais obscuro da realidade e não se acostumem a viver num castelo cor-de-rosa imaginário. Alguns contos podem assustar num primeiro momento, dependendo da idade da criança, mas cabe ao adulto explicar o porquê daqueles fatos e contextualizar a leitura num universo que essa criança assimile com mais facilidade.


Contos de fadas sangrentos
Rosana Rios
editora Farol Literário (Facebook: FarolLiterario)
80 páginas
nota do Skoob: 3.9
nota do blog: 4,3
(livro cedido em parceria com a editora)



Joana Masen, quando não está resenhando, pintando e bordando por aqui, está escrevendo poesia no blog Milonga.
@joana_masen

5 comentários:

  1. Que legaaal! Muito lindo os desenhos, amei!
    Sou apaixonada por contos! Sejam releituras, ou os originaiis.
    Sempre que dá leio algum. Agora estou lendo O Livro dos Vilões e estou gostando bastante, mas não é tão legal quanto O Livro das Princesas ♥ rsrs
    bjooos

    ResponderExcluir
  2. Sou fascinada por contos de fadas, desde as releituras mais romantizadas e 'padrões Disney', até os mais originais possíveis que vasculhando conseguimos encontrar por aí. É difícil achar livros com as versões 'não-romantizadas'. O pessoal não era nada sutil pra conseguir passar a moral da história adiante.
    Vou procurar esse livro. Adoro!

    Bjs
    MaH

    @oquedissealice
    http://oquedissealice.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Quando vi o nome do livro já me interessei...
    Parece ser muito bacana e as ilustrações são incríveis, não sei se mostraria todas aos meus filhos (se eu tivesse filhos), mas concordo quando você diz que devemos evitar que as crianças vivam em um castelo cor-de-rosa imaginário...
    Adorei a resenha!

    Leitor Antissocial

    ResponderExcluir
  4. Realmente eu nunca havia ouvido falar de nenhuma dessas histórias, devem ser bem legais!
    Eu não conhecia esse livro e foi uma grata surpresa ler sua resenha. Não gostei da capa, mas isso não importa muito.
    Tudo que Motiva

    ResponderExcluir
  5. Adoro as versões mais realistas dos contos de fadas, e essa onda atual de retomar as primeiras estorias originais dos Grimm são muito legais. Vou colocar na minha lesta de desejados!
    Quando possível venha me visitar também no meu blog! www.linguaeliteratura.com.br. Bjs e boas leituras!

    ResponderExcluir

Olá! Que bom ter você por aqui!
Fico feliz em receber seu comentário, crítica ou sugestão. Pode falar a vontade, esse espaço é seu. Acompanhe a resposta ao seu comentário clicando em "Notifique-me".
Obrigada pela visita!