domingo, 22 de março de 2015

O que eu achei de: A playlist de Hayden

Mais uma vez a Novo Conceito nos enviou a degustação de um lançamento próximo, o intrigante livro A playlist de Hayden, de Michelle Falkoff, que será lançado em abril.




De cara já posso dizer que esse é o tipo de estória que eu sempre quis escrever. Cada capítulo tem uma música no título que combina com o conteúdo dessa parte da narrativa. Achei a ideia brilhante.

Além da parte musical, a trama em si é muito envolvente: eu estou morrendo de curiosidade para saber o que a playlist vai revelar a Sam, e mais, qual o mistério por trás do enigmático jogador de Mage Warfare, o Arquimago_Ged.

A estória gira basicamente em torno do suicídio de Hayden, que era o único amigo de Sam: ambos tinham dificuldade em se relacionar com outros adolescentes, não tinham outros amigos na escola, e sofriam bullying. Talvez esse tenha sido o motivo maior para que Hayden se matasse, mas pelos 8 capítulos lidos, ainda não dá para ter certeza.

Ambos os personagens são nerds típicos, e isso fica bem claro logo no início, quando Sam comenta sobre o lençol de Star Wars do amigo. Eles vivem numa loja no shopping que só pelo nome já mostra que é dedicada aos assuntos preferidos dos nerds: Companhia de Comércio Intergaláctica. Ali era praticamente o refúdio dos meninos, já que nenhum valentão da escolha requentava aquele lugar.

Quando Sam encontrou o corpo de Hayden, também descobriu que o amigo tinha lhe deixado um pendrive com músicas, e um bilhete que dizia simplesmente: Para Sam. Ouça. Você vai entender. Bastante perturbador e ao mesmo tempo curioso. Se não bastasse todo o sofrimento de perder o melhor amigo, Sam ainda passa dias e dias ouvindo aquelas músicas e tentando decifrar a mensagem que Hayden tentava lhe passar.




Se isso ainda não deixou a narrativa interessante para você, some a toda essa confusão a aparição de uma garota bastante singular, que diz também ser amiga de Hayden, mas cuja a existência ele nunca tinha citado. E pior, Sam parece gostar dela.

O livro tem todos os elementos necessários para prender o leitor e se tornar a leitura da vida de muita gente. Na contracapa existe uma informação de que o livro contém mistério, drama e amor. Na minha opinião, essas palavras deveriam vir em forma de alerta em letras imensas nas primeiras páginas. Só assim seria possível se preparar para o que pode acontecer com Sam ao longo de sua busca por respostas.



Esse é mais um daqueles livros que vai furar a fila de leitura assim que possível, pois eu não vejo a hora de descobrir quais as outras músicas que vão revelar a Sam as os motivos para o suicídio de Hayden e se seu amigo era realmente quem ele pensava que era. Pois como diz o subtítulo do livro, você nunca conhece uma pessoa até ouvir o que ela gosta.



Joana Masen, quando não está resenhando, pintando e bordando por aqui, está escrevendo poesia no blog Milonga.
@joana_masen

10 comentários:

  1. Oi Jo,
    Um tema forte que parece ter sido tratado de forma maravilhosa, com certeza assim que possível ele irá furar a fila rsrs.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Larissa,
      e foi mesmo! Tomara q o final seja inteligente.
      Bjos!

      Excluir
  2. Recebi a prova e já li, estou muito intrigada para saber o que aconteceu naquela bendita festa que foi o ápice para Hayden. Espero que o Sam possa superar e entender o que aconteceu.
    Tudo que Motiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, eu tbm! Quero desvendar o mistério e dar um soco na cara do irmão do Hayden, rsrsrs.
      Bjos!

      Excluir
  3. Agora tô ficando deprimido.... Eu fui selecionado como parceiro da Novo Conceito mas até agora não recebi nada, nem mesmo uma carta :/
    Recebi aqueles e-mails automático que eles mandam a todos os parceiros dizendo que tinham enviado os livros, mas até hoje não chegou nada aqui em casa e vou toda semana no correio e eles dizem que também não tem nada lá :(
    V^ô ali no canto chorar depois eu venho te invejar mais um pouco, ah sim, fiquei interessado no livro, histórias sobre nerds suicidas são deveras interessantes...
    Grande abraço!!!

    Leitor Antissocial

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa Rudi, manda email pra eles! Não é possível q eles estejam mandando provas para quem não é parceiro e abandonando vc. E eu tbm já vi algumas fotos de parceiros q receberam livros. Não me inveje, não consegui parceria kkkk.
      O livro me deixou curiosa tbm, não vejo a hora de ler a continuação.
      Bjos!

      Excluir
    2. kkkk
      Já mandei e-mail, eles disseram que o pacote está voltando pra eles, acho que ficou muito tempo parado já que tinham fechado todos os acessos pra minha cidade e mandaram de volta antes de chegar aqui...
      Enfim... eles disseram que vão enviar novamente ^^

      Excluir
  4. Também li esses primeiros capítulos e adorei, não vejo a hora de ler o resto haha
    Realmente, os temas são muito interessantes e, pelo menos nesses primeiros capítulos, foi muito bem abordado ;)

    Beijos
    Colecionando Primaveras
    Fanpage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ellem,
      adorei o estilo de escrita da autora, e quero muito saber como termina a estória. Aguardemos.
      Bjos!

      Excluir
  5. Eu ameeeeei esses primeiros capítulos!!!!
    A escrita é superprofunda e viciante! Não vejo a hora de ler o livro inteirinho!!!
    o Sam é fofo e o Hayden é muito legal! Uma pena que morreu...
    Entendo ele, quando a alma está ferida é realmente muito difícil de se levantar... no começo chegay a pensar que ele tivesse sido assassinado, mas agora vejo que ele só estava cansado de viver, como vivia.
    Triste, mas é bem uma realidade!
    bjooos

    ResponderExcluir

Olá! Que bom ter você por aqui!
Fico feliz em receber seu comentário, crítica ou sugestão. Pode falar a vontade, esse espaço é seu. Acompanhe a resposta ao seu comentário clicando em "Notifique-me".
Obrigada pela visita!