segunda-feira, 28 de setembro de 2015

J. K. Rowling escreve sobre a origem da família de Harry Potter

Vocês viram que o portal Pottemore está de cara nova? O site agora nos trará notícias sobre o universo HP, e alguns textos inéditos da própria Rowling. 

E foi no Potterish que li esse texto super bacana da Rowling, onde ela fala sobre a origem da família Potter: desde os antepassados mais distantes até como eles conseguiram ter tanto dinheiro. O texto marcou a divulgação do novo Pottermore, e vocês precisam visitar o site, está incrível! (acessem aqui).

Algumas das páginas inciais do novo Pottermore e a página de busca


Abaixo, transcrevo a tradução feita pela equipe do Potterish, que vocês também devem conhecer clicando aqui. Esse é o único site sobre HP brasileiro legitimado pela própria Jo, e eles vêm trabalhando bastante para nos trazer todos os textos traduzidos para o português. Então não deixem de visitar, ok?











"A família Potter

A família Potter é muito antiga, porém nunca esteve (até o nascimento de Harry Tiago Potter) nas linhas principais da historia bruxa, contentado-se com uma sólida e confortável existência nos bastidores.
Potter não é um sobrenome Trouxa incomum e, por esta razão, a família não fazia parte da lista dos 'Sagrados Vinte e Oito'; o autor anônimo desta lista supostamente definitiva de sangues-puros suspeitou que eles teriam surgido do que ele considerava ser sangue contaminado. Porém, a mágica família Potter teve nobres inícios, e alguns deles ficaram implícitos em 'Relíquias da morte'.
No mundo trouxa, Potter pe um sobrenome ocupacional, significa um homem que cria cerâmicas. A família bruxa dos Potters descende de um bruxo do século XII, Linfred de Stinchcombe, um homem local, excêntrico e bem-amado, cujo apelido, 'o potterer', foi simplificado com o tempo para 'Potter'. Linfred era um camarada vado e distraído, cujos vizinhos trouxas frequentemente o procuravam em busca de seus serviços medicinais. Nenhum deles percebeu que os poderes maravilhosos de Linfred para a cura da catapora e malária eram mágicos; todos o viam como um velho colega inofensivo e amável, cuidando de seu jardim com todas suas plantas engraçadas. A reputação de um excêntrico bem-intencionado coube bem a Linfred, porque atrás das portas ele podia continuar a série de experimentos que começou a base da fortuna da família Potter. Historiadores dão crédito à Linfred pela criação de vários remédios que evoluíram em poções ainda utilizadas hoje em dia, incluindo a Esquelesce e a Poção Apimentada. As vendas de suas curas para bruxos e bruxas possibilitou-lhe deixar uma significante pilha de ouro para cada um de seus sete filhos após sua morte.
O filho mais velho de Linfred, Hardwin, casou0se com uma linda jovem bruxa chamada Iolanthe Peverell, que veio da vila de Godric's Hollow. Ela era a neta de Ignoto Peverell. Na falta de herdeiros homens, ela, a mais velha de sua geração, herdou a capa da invisibilidade de seu avô. Iolanthe explicou para Hardwin que era uma tradição em sua família manter a posse da capa em segredo, e seu  novo marido respeito seus desejos. A partir de então, a capa foi passada para o mais velho de cada nova geração.
Os Potters continuaram casando com os seus vizinhos, de vem em quando trouxas, e vivendo no oeste da Inglaterra por várias gerações, cada um acrescentando aos cofres da família com o seu duro trabalho e, isso deve ser dito, pela marca tranquila de ingenuidade que caracterizou seu antecessor, Linfred.
Ocasionalmente, os Potters chegaram até Londres, e dois membros da família se sentaram na Suprema Corte dos Bruxos: Ralston Potter, que foi membro de 1612 até 1652, e que era um grande apoiador do Estatuto do Sigilo (oposição em declarar guerra aos trouxas, como muitos membros militantes desejavam) e Henry Potter (Harry para os íntimos), que era um descendente direto de Harswin e Iolanthe, e serviu na Suprema Corte de 1913 até 1921. Henry causou uma pequena desordem quando publicamente condenou o então Ministro da Magia, Archer Evermode, que havia proibido a comunidade mágica de ajudar os trouxas na Primeira Guerra Mundia. Seu posicionamento a favor da comunidade trouxa foi outro forte fator contribuinte na exclusão da família dos 'Sagrados Vinte e Oito'.
O filho de Henry chamava-se Fleamont Potter. Ele era chamado assim por causa do desejo incessável da mãe de Henry para que perpetuasse seu sobrenome de solteira, que de outra forma sumiria. Ele carregou este peso extraordinariamente bem; de fato, ele sempre atribuiu sua destreza em duelos ao número de vezes que ele teve que litar com as pessoas de Hogwarts depois de fazerem brincadeiras com seu nome. Foi Fleamont quem quadriplicou o ouro da família, criando a Poção Capilar Alisante ('duas gotas domam o mais rebelde dos cabelos'). Ele vendeu a companhia e lucrou muito quando se aposentou, mas nenhuma riqueza compensaria ele ou sua esposa Euphemia pela falta de filhos. Eles tinham acabado de perder a esperança de ter um filho ou filha quando, para seu choque e surpresa, Euphemia descobriu que estava grávida e seu amado menino, Tiago, nasceu.
Fleamont e Euphemia viveram o suficiente para ver Tiago se casar com uma nascida-trouxa chamada lílian Evans, mas não para conhecer seu neto, Harry. A Varíola de Dragão levou-os em poucos dias devido à idade avançada, e então Tiago Potter herdou a capa da invisibilidade de Ignoto Peverell."


A apresentação do texto, no site Pottermore



Gostaram? Eu achei muito inteligente a Rowling fazer essas ligações entre os antepassados de Harry e outros que a gente já conhecia dos livros, a fim de que a capa vir parar em suas mãos fizesse sentido. E também toda a fortuna de Harry, que até então era de origem desconhecida.

No portal Pottermore já tem outros tantos textos parecidos com esse, falando um pouco sobre personagens e situações do universo Harry Potter, para deleite dos fãs, tanto escritos pela própria autora quanto pela equipe que cuida do site. Mas, novamente, se vocês não leem em inglês, é só entrar no Potterish que tá tudo traduzido. Aliás, Potterish, a equipe está de parabéns! Obrigada!


Este post é válido para o Top Comentarista, participe!


Joana Masen, quando não está resenhando, pintando e bordando por aqui, está escrevendo poesia no blog Milonga.
Twitter: @joana_masen

7 comentários:

  1. Bem legal a autora continuar aprofundado o universo criado por ela própria. Tenho certeza que os fãs estão adorando isso.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de setembro. Serão dois vencedores.

    ResponderExcluir
  2. Depois de tanto tempo eu ainda me animo com as histórias de Harry Potter!
    Bj

    ResponderExcluir
  3. Joana!
    Realmente foi bem inteligente a autora contar todo o passado de Harry, assim podemos entender algumas coisas que acontecem na série.
    Depois vou lá visitar o site.
    “A vida só pode ser compreendida, olhando-se para trás; mas só pode ser vivida, olhando-se para frente.”(Soren Kierkegaard)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  4. Quando vejo posts sobre o universo HP ou algo relacionado a J.K. eu fico meio que constrangido pois ainda não li nada da autora, porém espero quebrar esse tabu o mais breve possível!!!

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Gostei muito dessa novidade sou fã de Harry Potter e adoro quando a J.K.Rowling trás algo novo para os fãs !!

    ResponderExcluir
  6. Oiie Joana !
    Nossa como eu amo essa escritora. Todos os anos depois que acabou HP, ela continua nos revelando mais e mais curiosidades e fatos que aconteceram dentro deste universo todo que ela mesmo criou. Adorei mais uma vez essa nova história que escreveu sobre a saga.

    ResponderExcluir
  7. Eu AMO Harry Potter *-* Já tinha visto a tradução desse texto antes, mas ainda não entrei no Pottermore. Fiquei com medo de ver o que tinham feito, mas vou entrar depois de ver que você gostou.

    Fico maravilhada com a inteligência dessa autora.

    Beijos, Jessica
    http://ohamoramia.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Olá! Que bom ter você por aqui!
Fico feliz em receber seu comentário, crítica ou sugestão. Pode falar a vontade, esse espaço é seu. Acompanhe a resposta ao seu comentário clicando em "Notifique-me".
Obrigada pela visita!