segunda-feira, 16 de novembro de 2015

O que eu li em outubro



Olá leitores! Vamos logo resumir as leituras do mês passado?

















Graças a Maratona Literária de Primavera (não sabe do que estou falando? Leia o post aqui e entenda tudinho), consegui ler 9 livros em outubro! festa!!!!!

Apesar de não ter conseguido ler um dos meus escolhidos para a maratona (Grey - cinquenta tons pelos olhos de Christian), eu li todos os outros que estavam na lista, e mais dois que não estavam (Despedida de solteira e Quer se ver no meu olho?).

















Essa Maratona foi super divertida, e importante para adiantar algumas leituras que estavam paradas. E o mais incrível foi que, pela primeira vez, cumpri a meta estipulada e li (quase) todos os livros planejados para o mês.

Algumas resenhas já estão aqui no blog, outras vão sair nos próximos dias, então não deixem de acompanhar as postagens e ler todas =)

O resultado final da #MLP2015 foi:

- Distopia, Kate Willians: lido, resenha aqui
- Cidades de dragões, Raphael Draccon: lido, resenha aqui
- O espadachim de carvão, Affonso Solano: lido, resenha aqui
- Morra por mim, Amy Plum: lido, resenha aqui
- Agora aqui ninguém precisa de si, Arnaldo Antunes: lido, resenha aqui
- Carrie, a estranha, Stephen King: lido, resenha aqui
- Turma da Mônica - Laços, Vitor e Lu Cafaggi: lido
- Grey, cinquenta tons de cinza pelos olhos de Christian, E. L. James: não lido

Para quem leu o post/resumo de setembro, deve ter notado que o livro Distopia também está naquela lista, isso se deve ao fato de eu ter começado a lê-lo naquele mês, e terminado logo nos primeiros dias de outubro, já dentro da maratona.

E será que ainda consigo aproveitar alguma leitura para o Reading Challenge? Vejamos:























Não... nenhuma alteração na lista de livros lidos para o desafio... Quem sabe no próximo mês né.

É isso caros leitores; muitas leituras, muita diversão, e muitas resenhas para vocês. Não deixem de ler e comentar todas, e me contem o que andaram lendo nos últimos dias ;)


Este post é válido para o Top Comentarista, participe!


Joana Masen, quando não está resenhando, pintando e bordando por aqui, está escrevendo poesia no blog Milonga.
Twitter: @joana_masen

6 comentários:

  1. Joana, você leu nove livros em um mês?!! Uau! Meus singelos parabéns kkk
    Fico muito feliz por você ter conseguido cumprir sua meta da maratona. São realmente poucos que conseguem, né? Já que sempre surge aquele imprevisto nos fazendo desistir de algumas leituras.
    Bom, já eu resolvi encarar um livro do mestre Stephen King. Comecei ontem a ler Cemitério em e-book e até agora tem sido uma leitura agradável e fluida.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Joana. Meus parabéns para a lista enorme de leituras do mês que conseguiu arrecadar. Eu malmente consegui ler 4 livros. Bom, eu gostei muito dos livros lidos por você neste mês que passou, especialmente por algumas resenhas, sendo eles: Agora aqui ninguém precisa de si, Morra Por Mim, Quer se ver no meu olho? e Mônica - Laços.

    ResponderExcluir
  3. Nao sei o que é mais proveitoso: conseguir ler 8 livros, ou não conseguir ler Grey! :D
    Brincadeirinha!
    Estou lendo suas resenhas!

    ResponderExcluir
  4. Que bom que conseguiu realizar -ou quase- sua meta desse mês. Acho maratonas bem divertidas, mas nunca participei de uma, vou tentar no ano que vêm, talvez.
    Das suas leituras eu estou bastante interessada em ler: "Cidades de Dragões" e "O espadachim de carvão", ambos tem capas belíssimas e uma premissa que me agradou.
    Espero que continue conseguindo ler todos os livros que se propuser =) !!!

    ResponderExcluir
  5. Oi Jo,
    Gostei das suas leituras, principalmente "Cidade de dragões" que parece ser muito bom. Já cheguei na parte do período em que ler um livro por mês é muito O.o, mês passado consegui ler apenas "O desafio de ferro". Boas leituras ^^
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  6. Joana!
    Conseguiu ler bons livros em outubro.
    Não li ainda nenhum desses.
    E que corajosa participar desses desafios, eu não consigo...
    “Num filme o que importa não é a realidade, mas o que dela possa extrair a imaginação.” (Charles Chaplin)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Olá! Que bom ter você por aqui!
Fico feliz em receber seu comentário, crítica ou sugestão. Pode falar a vontade, esse espaço é seu. Acompanhe a resposta ao seu comentário clicando em "Notifique-me".
Obrigada pela visita!