domingo, 14 de fevereiro de 2016

Fala, Rafa! - Conto sem fada


A Disney é realmente um lugar encantador, que arranca suspiros da galerinha do mundo. Hoje em dia até a Branca de Neve é princesa! Mas escolher entre as mais bonitas é que é difícil. Se tratando de príncipe então, é com um pedacinho de cada um que todas as meninas sonham em se casa., Aliás, quase todas. Eu, por exemplo, não me encaixo ai. 

Gostaria de contar agora a minha mais leve e profunda confissão. 

Melhor que guardar o sapatinho de uma moça, escalar suas tranças, morrer pela amada, ou com um beijo desfazer algum feitiço é SABER TOCAR A ALMA DAS PESSOAS COM AS PALAVRAS.

E só o Pequeno Príncipe entende disso.

O meu arrancador de sorrisos confortáveis. Aquele que me enche de sentimentos bons, sem que eu precise entrar em um conto de fadas.

Depois que li a frase abaixo, nunca mais a esqueci.

Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas.

E foi inspirada por ela que resolvi escrever, em forma de conto, uma jornada que combina:

"Em uma noite decidi ir sentir o vento, que estará afora... Acabei voando, e dentre as nuvens pulei, ao invés de sentar só corri. 
Contei as estrelas e guardei no bolso a menor, taquei nela um desejo.
Fiz do céu uma piscina e junto com os bons pássaros cantei.
Encontrei uma andorinha má que tentou me arrastar para baixo, botou na minha bagagem ambição, depois disso cai no chão, levantei após trocar toda a mochila por madeiras, que foram necessárias para a construção de uma ponte em cima de um lago escuro.
Andei o monte e escalei, só não desisti por que dentro do meu bolso tinha algo guardado que era além da dor, por ser motivador assim bem de repente, me deixei cativar...
Fechei a janela e voltei a dormir.
No dia seguinte a minha estrela guardada deixou de ser apoio e passou a ser um sonho.''


Sonho este que ficará solto na sua imaginação. Janela, noite, manhã. Abra a sua, sonhe o seu, e não se esqueça da responsabilidade do amanhecer, que é breve.





Este post é válido para o Top Comentarista, participe!



Rafa Peres, resenhista e crônista, mantém o blog Minha Versão das Coisas, onde publica todos os seus textos.
Twitter: @Raafaperes

4 comentários:

  1. Que amor esse texto. O Pequeno Príncipe realmente derruba todas as estruturas e sobressai nas histórias "infantis", ele merece mais destaque do que tem a Branca de Neve e O Príncipe Encantado, merece muito mais.

    ResponderExcluir
  2. Sinceramente ainda nao li esse livro, mas de tudo que eu leio vejo que esse livro tem um toque singular de beleza, espero poder ler algum dia e compartilhar a mesma opinião que a sua.

    ResponderExcluir
  3. Nossa que lindo! Nunca li O Pequeno Principe mas tenho muita vontade, vejo tantas pessoas que amam e são inspiradas por esse livro, acho tudo isso tão lindo. Falou um poquinho de Disney e ja tocou minha alma.

    ResponderExcluir
  4. Aaahh que lindo, amei o texto e estou louca para ler O pequeno príncipe, sempre vejo muitos elogios, espero gostaresposta.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir

Olá! Que bom ter você por aqui!
Fico feliz em receber seu comentário, crítica ou sugestão. Pode falar a vontade, esse espaço é seu. Acompanhe a resposta ao seu comentário clicando em "Notifique-me".
Obrigada pela visita!