quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Lexus - o despertar da escuridão [Resenha]

onde comprar: Editora Arwen

"Na cidade de Campos Elíseos, onde todas as condições de vida eram ideais, houve uma catástrofe de proporções inimagináveis. Tomados pelo terror, a verdadeira face da humanidade se revela - fria e cruel. Bianca, uma adolescente comum, jamais imaginaria que faria parte da história. Jamais iria supor que ela seria a esperança para a cura da raça humana. Numa aventura cheia de perdas e de descobertas, só existe um objetivo: sobreviver."

Bianca é uma jovem cheia de sonhos, que vive na perfeita cidade de Campos Elíseos, que também é a sede do laboratório Lexus, dono de uma torre imponente que pode ser vista de qualquer canto da cidade. Com uma família bastante normal, Bianca vive seus dias tranquilamente, até que algo muito estranho acontece.

Justamente no momento em que cada membro da família de Bianca está num lugar diferente, a cidade sofre um ataque terrorista, e a população se desespera. A exuberante torre do Lexus é derrubada, e o medo toma conta de todos, que não sabem o que está acontecendo. E enquanto Bianca tenta se juntar a seu irmão para ir ao encontro de seus pais, outras tantas famílias tentam fugir da cidade para se salvar do horror que está começando.

Estranhas criaturas surgem nas ruas e começam a atacar todos que veem pela frente; zumbis famintos e crueis devoram as pessoas, sem dó. É desses monstros que Bianca e seu irmão precisam fugir para tentar sobreviver e encontrar seus pais.

O livro é cheio de momentos tensos, ataques sanguinários de zumbis e muito corre-corre. A única forma de matar as criaturas é acertar a cabeça delas, por isso, vemos muitos tiros. As mortes são inevitáveis, e o autor não tem medo de matar nenhum personagem, o que é um dos pontos positivos da estória.

Outra coisa que chama a atenção é a narrativa, muito fluida e dinâmica. O livro é fácil de ler e tem ação o tempo todo. Além disso, o destino dado à protagonista é muito inteligente, e desfecho do livro não poderia ter sido melhor. Um final que pode despertar tanto o amor quanto o ódio do leitor (eu amei!).

A única coisa que deixa um pouco a desejar é a explicação da importância do Lexus na estória: por estar no título do livro, eu esperava que ele seria mais decisivo dentro do enredo. Não sei se eu não consegui entender direito, ou se realmente faltou posicionar o Lexus na narrativa.

Apesar desse pequeno detalhe, o livro é ótimo. A correria para fugir dos zumbis e a necessidade de se salvar e encontrar a família fazem do trabalho de estreia do Paulo uma obra que conquista o leitor, mostrando que todos nós somos vulneráveis àqueles que querem fazer o mal, mas que sempre há esperança. Recomendo a leitura.


Lexus - o despertar da escuridão
Paulo Henrique Bragança
editora Arwen (Facebook da editora)
156 páginas
nota do Skoob: 4.4
nota do blog: 4.0
livro cedido pelo autor em parceria


Este post é válido para o Top Comentarista, participe!


Joana Masen, quando não está resenhando, pintando e bordando por aqui, está escrevendo poesia no blog Milonga.
Twitter: @joana_masen

7 comentários:

  1. Oi, Joana!
    Adorei a premissa do livro!
    Gosto quando os personagens morrem e é isso mesmo! Esses dias li um livro em que tem diversas guerras e nenhum dos protagonistas se quer se machucam. Muito chato isso!
    =D

    http://osdragoesdefogo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Bem eu não sou fã de zumbis, na verdade não tenho nenhuma curiosidade sobre o assunto, então no momento eu passo a leitura.

    ResponderExcluir
  3. Nunca li nenhum livro com zumbis e acho que vou gostar desse, pela resenha o livro é repleto de ação, gostei disso.

    ResponderExcluir
  4. Nossa. o livro me parece muito bom, e vi outras resenhas que o pessoal deram até 5 estrelas. Mas olhando a sua me parece que o livro não é tão desenvolvido quanto deveria. Quero muito ler esse livro, mas por enquanto a Distopia, outro livro, pra mim parece ser um livro bem legal, espero gostar também de Lexus.

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Esse não é um livro que me chame a atenção, nem pela capa nem pela história, não faz muito o meus estilo, não gosto dessas coisas sanguinárias de zumbis.
    Mas realmente deve ser um livro bom para quem gosta desse assunto e ele não é um livro grande, não tornando-o cansativo.

    ResponderExcluir
  6. Oiiee,
    Eu ainda não conhecia o livro, a história parece ser boa, não li nenhum livro que tivesse zumbis no meio, espero ter a oportunidade de ler.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Olá! Que bom ter você por aqui!
Fico feliz em receber seu comentário, crítica ou sugestão. Pode falar a vontade, esse espaço é seu. Acompanhe a resposta ao seu comentário clicando em "Notifique-me".
Obrigada pela visita!