segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Um pouquinho de...

"Eu era um homem paciente. Sobrevivi a surras e palavrões e a um cretino que não media esforços para transformar minha vida em um inferno. Suportei o rótulo de encrenqueiro, quando tudo o que eu queria era ser invisível. Fiz o que tinha de fazer sem drama, e me recusei a sentir remorso pelas coisas que não podia mudar. Minha vida era simples. Pescava um pouco e bebia um pouco. Trabalhava duro e transava bem. Não brigava, mas, se a situação exigisse, podia chutar a bunda de alguém de um jeito inesquecível.
Eu era um cara que amava essa garota desde o momento em que ela voltou à vida e não viu ninguém além de mim. Agora ela estava mais próxima do que jamais havia estado, justamente quando eu corria o risco de perder tudo que passei anos construindo e me tornando. Era a mudança de enredo mais cruel que a vida já havia me proposto."


(página 195, capítulo 18)



Este post é válido para o Top Comentarista, participe!


Joana Masen, quando não está resenhando, pintando e bordando por aqui, está escrevendo poesia no blog Milonga.
Twitter: @joana_masen

5 comentários:

  1. Pensa em uma pessoa que deseja esse livro, sou eu!

    ResponderExcluir
  2. Noossa, se eu já queria ler esse livro, agora quero mais, adorei esse trecho.

    ResponderExcluir
  3. Eu não gosto muito da premissa deste livro, também não sou fã de Easy, ele é um hot bem mais leve que outros, mas não me agrada drasticamente.

    ResponderExcluir
  4. Ah esse livro <3 Nossa eu amei tanto, virou um dos meus favoritos. A história deles é linda.

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho que ler os livros da Tammara, amei a capa e a sinopse, espero estar lendo em breve.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir

Olá! Que bom ter você por aqui!
Fico feliz em receber seu comentário, crítica ou sugestão. Pode falar a vontade, esse espaço é seu. Acompanhe a resposta ao seu comentário clicando em "Notifique-me".
Obrigada pela visita!