quinta-feira, 19 de maio de 2016

Too late [Resenha]



"Sloan iria ao inferno e voltaria por seu irmão caçula. E ela vai todos os dias. Forçada a continuar um relacionamento com o perigoso e moralmente corrupto Asa Jackson, Sloan fará o que for preciso para que as necessidades de seu irmão sejam atendidas. Nada entrará em seu caminho. Nada exceto Carter. Sloan é a melhor coisa que já aconteceu para Asa. E se você perguntá-lo, ele diria que ele é a melhor coisa que já aconteceu para Sloan. E ele nunca planejou deixá-la ir embora; mesmo quando ela não aprova seu estilo de vida sinistro. Mas apesar da desaprovação de Sloan, Asa sabe o que é necessário para ter o que quer, e ele o fará. Ele sabe o que precisa fazer para continuar no topo, e ele o faz. Nada entrará em seu caminho. Nada, exceto Carter."

Esse é o livro com temática mais adulta até agora. Com cenas de violência, drogas, polícia, bandido, abusos em geral. Mas com o toque da autora, tudo isso se transforma num romance gostoso de ler.

Nossa protagonista, a doce Sloan, teve uma vida muito sofrida desde sempre, com uma mãe relapsa e um irmão que necessita de cuidados especiais, ela sempre se viu no olho do furacão, tendo que equilibrar estudos com a dedicação ao irmão caçula. Quando conseguiu entrar para a faculdade, arrumou um abrigo que cuidasse dele e partiu, deixando a mãe cuidar da própria vida.

Assim, sem ter onde morar e como se sustentar, ela acaba conhecendo o cara de seus sonhos numa de suas aulas, e, por mais incrível que lhe parecesse no momento, ele se aproxima dela e convida para sair. A partir daí ela se torna o centro do universo de Asa Jackson, e o alvo de suas maiores crueldades. Sem ter para onde ir, ela se muda para a casa dele, enquanto ele paga os custos do tratamento de seu irmão. A princípio, Sloan se apaixona por Asa, mas aos poucos ela vai percebendo que a relação lhe trás mais sofrimento do que prazer.

Asa é um traficante de drogas que, como não poderia deixar de ser, ganha muito dinheiro, está sempre cercado dos amigos mais estranhos e vive dando festas em sua casa/comércio. E Sloan fica no meio de tudo isso, aguentando pessoas bêbadas e drogadas, longas noites com a casa cheia e um Asa explosivo e muito ciumento.

Até que de repente ela conhece um cara muito simpático na aula de espanhol, e eles acabam se aproximando um pouco. Mais tarde, para desgosto de Sloan, esse mesmo carinha aparece na casa de Asa, como se fossem muito amigos. Isso é uma decepção para a garota, que passa a achar que Carter não passa de mais um bandido, quando, na verdade, ele é um policial disfarçado, tentando obter provas contra o esquema de Asa e mandá-lo para a cadeia.

Assim a trama está construída, e a princípio pode-se sentir um pouco de raiva de Sloan por ela não lutar contra sua situação, não tentar se afastar de Asa e conseguir uma vida digna, mas depois, conhecendo todos os detalhes de sua relação com o namorado e a preocupação que ela tem com o estado de seu irmão, vemos que ela tem muito pouco a fazer naquela momento.

Por outro lado, Asa Jackson é o personagem mais detestável que já vi, quase se comparando a Dolores Umbridge de Harry Potter. Ele mente, engana, manipula, trai, usa drogas e abusa de Sloan das mais variadas formas, tudo sob o pretexto de pagar o tratamento do irmão dela. Asa é cruel e a cada capítulo, a cada atitude idiota dele, o ódio do leitor só aumenta.

Com todo esse sofrimento, Sloan encontra em Carter uma válvula de escape, e não podemos culpá-la por se apaixonar pelo jeito protetor e carinhoso dele. Todas as vezes que ela se sente usada por Asa, lá está ele para lhe dar apoio. Com a delicadeza da autora, podemos vivenciar momentos lindos e singelos entre os dois, daqueles de arrancar suspiros das leitoras e fazê-las sonhar com um Carter de carne e osso. Mas como sabemos, os livros da Colleen trazem mesmo essa felicidade momentânea para depois mergulhar num sofrimento terrível. Too late não poderia ser diferente.

Há muita coisa em jogo: a carreira de Carter, a vida de Sloan, a saúde de seu irmão, e tudo isso está nas mãos de Asa, com toda a sua loucura e crueldade. Mesmo depois de conhecer a sua história de vida e entender (um pouco) como ele se tornou o que é, não é possível perdoar todas as maldades que ele fez com Sloan e Carter, e o leitor mais radical vai torcer para que ele se dê muito mal no final.

Todos os leitores do blog sabem o quanto eu admiro as obra das Colleen, e esse livro não mudou minha opinião. Aqui, apesar dela trabalhar temas mais pesados, ainda é possível identificar os elementos que me fizeram amar sua escrita: momentos extremamente românticos entre os protagonistas, cenas em que eles criam uma linguagem própria, e que conseguem envolver tanto o leitor, que ele sente falta daquelas pessoas quando a estória acaba. A autora sabe como trabalhar o sentimento e as características de cada um de seus personagens, e torná-los quase reais, o que faz dela uma das minhas autoras preferidas.

O livro só está disponível no Wattpad, onde a própria CoHo postou os capítulos diariamente, e as meninas abençoadas do site Ugly Love BR fizeram a tradução para o português. Acessem o link da plataforma clicando aqui e conheçam essa emocionante estória, tenho certeza que você vão adorar.

Too late
Colleen Hoover
disponível no Wattpad
300 páginas
nota no Skoob: 4.5
nota do blog: 4.8


Este post é válido para o Top Comentarista, participe!


Joana Masen, quando não está resenhando, pintando e bordando por aqui, está escrevendo poesia no blog Milonga.
Twitter: @joana_masen

5 comentários:

  1. Quando eu já ia começar perguntando, o que faço agora que quero ler?, você coloca que eu posso acompanhar no Wattpad (dando pulinhos de alegria) :O kkkkk
    Amei a resenha, o livro parece ter o selo de qualidade da Colleen, e apesar de só ter lido dois livros dela, eu pretendo continuar e ler muitos outros, pois acho a escrita dela, incrível, envolvente e emocionante, mas quem não acha né?! rs. Valeu pela dica ;)

    ResponderExcluir
  2. Oi Joana!
    Não sabia da existência desse livro no whattpad da autora! Tbm admiro muito as obras da autora li quase todas, acho que só não cheguei a ler esse livro e november 9. Acredito que ela como autora demonstrou com ele livro que esta amadurecendo criando tramas mais complexas e tbm que pode falar de vários assuntos com a mesma inteligência que ela fez nos últimos livros.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Colleen Hoover é a diva da minha vida! Tive o prazer de conhecê-la no ano passado e me encantei mais ainda. Suas histórias sempre me cativam e me emocionam. Até agora tenho todos lançados aqui no Brasil, só falta o Talvez um dia que está sendo lançado esse mês. Se tenho certeza de uma coisa é que tudo que essa mulher lançar eu quero ler rs
    Essa história até que eu não conhecia, mas como já era de se esperar fiquei morrendo de vontade de ler!

    ResponderExcluir
  4. Gente, que livro é esse? Amei!
    Fiquei ansiosa pra saber qual será o desfecho e já detestei esse tal de Asa! Que cara desprezível. Tomara que ele seja preso! E fique lá por toda a vida.

    ResponderExcluir
  5. A CoHo sempre se superando!! Eu gosto muito da escrita dela e já vi muitos comentários positivos sobre esse livro. É um livro muito mais pesado do que eu estou acostumada, mas pretendo ler em breve. Espero que ela consiga lançar a versão física *-*
    Beijo!

    ResponderExcluir

Olá! Que bom ter você por aqui!
Fico feliz em receber seu comentário, crítica ou sugestão. Pode falar a vontade, esse espaço é seu. Acompanhe a resposta ao seu comentário clicando em "Notifique-me".
Obrigada pela visita!