segunda-feira, 11 de julho de 2016

Um pouquinho de...

"Logan - Will murmurou. - Eu sei que você não acredita que ele possa amar. E, acredite, às vezes eu também não penso assim... Mas preciso acreditar nisso.
- Pelo projeto, eu sei.
- Não pelo projeto. Pelo hospital em si. Eu preciso entrar lá - havia um tom de desespero na voz dele que me era desconhecido.
- Por quê?
- Eu não posso contar.
Mais essa agora. Fosse o que fosse, não me inspirou confiança. Por que Will precisaria tanto, a ponto de arriscar a vida, entrar naquele hospital psiquiátrico?
- Não é pelo hospital - ele sussurrou. - Sei que você está se perguntando isso. É por amor. Eu preciso... Preciso acreditar que eles são capazes de amar. Que isso tudo não é em vão.
- O que não é em vão?
Mas ele não me respondeu.Virou para o outro lado e se encolheu enrolado nas cobertas."

                                             (página 45)


Este post é válido para o Top Comentarista, participe!


Joana Masen, quando não está resenhando, pintando e bordando por aqui, está escrevendo poesia no blog Milonga.
Twitter: @joana_masen

2 comentários:

  1. Legal, gostei do diálogo, bem construído e me deixou instigada!
    Cadê a resenha dele?? kkkk to curiosa.
    Bjos

    ResponderExcluir

Olá! Que bom ter você por aqui!
Fico feliz em receber seu comentário, crítica ou sugestão. Pode falar a vontade, esse espaço é seu. Acompanhe a resposta ao seu comentário clicando em "Notifique-me".
Obrigada pela visita!