quinta-feira, 11 de agosto de 2016

A punição da Bela [Resenha]

onde comprar: Extra//Fnac//Amazon

"A princesa mantida como escrava sexual passa de favorita do príncipe a renegada, depois de se envolver com Tristan, também escravo na corte de Eleanor. Vendidos para senhores diferentes, Bela e Tristan, são então, separados, e, em meio a intensos jogos eróticos, acostumam-se a castigos cada vez mais severos. Mas quando a vila é atacada por soldados inimigos, os dois jovens são levados, juntos com Laurent, um escravo fugitivo que havia sido punido severamente, para o palácio de um sultão, até o momento de serem devolvidos à rainha Eleanor."

Quando li o primeiro livro dessa trilogia - Os desejos de Bela Adormecida - lá em 2013 (tem resenha, leia clicando aqui), achei a estória muito exagerada, com cenas de abuso sexual que pareciam pesadas demais para um livro erótico. Agora, depois do segundo volume da série, continuo não gostando do enredo como um todo, do exagero nas práticas sexuais e dos castigos aplicados aos protagonistas, mas consigo entender o objetivo da autora.

Sendo a melhor escritora de estórias de vampiro atualmente, parece  que Anne Rice quis se desafiar a escrever sobre um assunto totalmente diverso daquele a que está habituada, e certamente pesquisou muito sobre práticas sadomasoquistas para criar essa trilogia. Claro que ela teria que ir a fundo nas punições e castigos corporais, além de abusar do sexo explícito para mostrar que entende do que está falando, e não deixar que seu livro caia naquela categoria pornô para mamães.

Então sabemos que Bela se rebelou e desobedeceu a rainha, por isso, foi mandada para a vila a fim de ser leiloada e passar por castigos ainda piores que aqueles que lhe impunham no castelo. Ao seu lado estava Tristan, de quem ela acaba se aproximando muito. Os dois são separados e vendidos para pessoas diferentes, mas que não economizam na hora de castigar a ambos.

Enquanto Bela deve servir a elegante senhora Lockely, dona de uma taberna e muito linha dura, Tristan é vendido para o cronista real, que acaba se mostrando um pouquinho doce e compreensivo, mas que também não pega leve nos castigos.  A dona de Bela a explora das piores maneiras possíveis, fazendo com que ela limpe o chão com a boca, sem usar as mãos, sirva de brinquedo sexual para os clientes da taberna e ainda dê prazer à própria senhora Lockely. Bela, que chegou ali apenas pensando em desobedecer e planejar sua fuga, vai aos poucos percebendo que os castigos servem para educá-la, torná-la uma pessoa mais complacente, mais generosa e compreensiva.

Tristan também é humilhado e explorado, quando seu dono põe um falo em seu ânus, e o prende a uma carroça, como se fosse um cavalo, fazendo-o puxar o veículo por toda a vila. No fim do dia, ele é obrigado a fazer sexo oral em todos os outros escravos/cavalos, e depois dormir no chão. Para minha surpresa, o príncipe se descobre em meio a todo esse sofrimento, e revela ao cronista que entende o motivo de estar ali, e que sabe que precisa passar por tudo aquilo para se tornar uma pessoa melhor.

Tem muito sexo nesse livro. Muito mesmo. Sem nenhum tipo de preconceito; pessoas do mesmo sexo transam o tempo todo, Bela está a todo momento excitada e querendo se deitar com alguém para satisfazer suas necessidades, e é totalmente normal que ela receba lambidas de um gato em sua vagina até atingir o orgasmo.

No final do livro, há um sequestro e Bela e Tristan são levados por bandidos, deixando o gancho para o terceiro livro. Não dá para saber para onde estão sendo levados, mas já é possível perceber que, não importa onde estejam, continuarão a ser tratados como meros objetos sexuais.

Finalizada a leitura, minha conclusão é que continuo não gostando dessa estória. Acho as cenas de sexo surreais, e, apesar de saber que se trata de uma ficção, onde tudo pode acontecer, não gosto da forma como as pessoas são reduzidas a menos que animais. Ando cansada de chick-lit, e talvez por isso eu não consiga gostar tanto dessa trilogia. Mas ainda vou ler o terceiro livro, pois preciso saber como todo esse absurdo vai terminar.

Essa leitura fazia parte do meu projeto de leitura 10 vezes Anne Rice (que vocês podem conhecer aqui), e também entrou na Maratona Literária de Inverno (vejam a lista completa aqui). A minha recomendação é que, caso vocês tenham a mente aberta para práticas sexuais bizarras, essa é uma leitura perfeita. Ou se vocês apenas ficaram curiosos para conhecer a estória, vão em frente. No mínimo, vai valer a experiência.


A punição da Bela 
Anne Rice
Editora Rocco
352 páginas
nota no Skoob: 3.1
nota do blog: 2.8


Este post é válido para o Top Comentarista, participe!


Joana Masen, quando não está resenhando, pintando e bordando por aqui, está escrevendo poesia no blog Milonga.
Twitter: @joana_masen



13 comentários:

  1. Anne Rice é ótima falando de vampiros, apesar de eu estar bem saturada com esse tema. Ainda não tinha me interessado por essa trilogia mas você acabou me deixando curiosa mesmo dizendo que não gostou. Na verdade, eu tenho o primeiro livro que nunca peguei pra ler. Acho que vou tentar agora.

    bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 6
      Nil, leia sim, e depois me conte a sua opinião. Apesar de não ter gostado, vou terminar a trilogia.

      Excluir
  2. Oi Joana.
    Eu ainda não li nada da Anne Rice, mas com certeza não vou começar por essa trilogia.
    Fiquei bastante chocada enquanto eu lia a sua resenha. Como assim "é totalmente normal que ela receba lambidas de um gato em sua vagina até atingir o orgasmo"????
    Já que você vai finalizar a trilogia, espero que o último livro tem um bom desfecho, sem muitos mais absurdos, nessa história doida rs
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 7
      Pamela, esse livro tem situações bem absurdas, chocantes, mas apesar disso tudo, eu quero terminar a trilogia, só para ver onde essas loucuras vão dar.
      Bjos!

      Excluir
  3. Oi Jo,
    Apesar de ser muito elogia quanto aos livros de vampiro, ainda não conheço a escrita da Anne Rice. Não fiquei tão empolgada com essa trilogia porque acho que não sou tão mente aberta assim O.o
    Beijocs ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 8
      Oi Larissa, se vc gosta de vampiros, precisa ler algum livro dela. E se vc não é muito fã, pode tentar dar uma chance, vai q vc gosta, rsrs
      Bjos!

      Excluir
  4. Mano do céu, que loucura!
    Desculpe Jo, mas foi muito pesado pra mim só de ler.
    Não que eu seja hipócrita, sei que existem essas escravidões, só que não consigo ler =(
    até quero ler algum livro da Rice, agora esse não dá mesmo! rsrsrs
    bjsss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 9
      Exatamente Ana, eu tbm não quero ser hipócrita, mas as coisas passam do limite nessa trilogia. Não conheço esse universo BDSM, então não sei dizer se pode realmente acontecer algo assim.
      Bjos!

      Excluir
  5. Oi!
    Já tinha visto esse livro antes mas ainda não tinha parado para ver sobre o que era a serie e ainda não li nada da Anne Rice mas parece ser um livro com um tema pesado, e lendo a resenha vi que essa não é uma historia que irei gostar !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 10
      Su, não desanime! Mesmo que não leia esse, tenta algum outro dela, vale a pena.
      Bjos!

      Excluir
  6. Olá
    Me arrependo sinceramente de ter começado a ler o primeiro livro dessa triogia, nunca havia lido nada como isso, é muito pesado, me senti muito mal lendo, as pessoas são tratadas como lixo e ainda como você disse acabam achando que é para o seu próprio bem! Eu li apenas o primeiro e não quero saber nunca mais rsrs.
    Muito boa sua resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 11
      Ai Anny, senti a mesma coisa, tem hora q acho q não vou conseguir terminar, mas a minha curiosidade é maior, então acho q ainda vou ler o terceiro.
      Bjos!

      Excluir

Olá! Que bom ter você por aqui!
Fico feliz em receber seu comentário, crítica ou sugestão. Pode falar a vontade, esse espaço é seu. Acompanhe a resposta ao seu comentário clicando em "Notifique-me".
Obrigada pela visita!