segunda-feira, 10 de abril de 2017

The Schroedinger Show [Resenha]


"Conto de ficção científica de Carlos Orsi, autor de As dez torres de sangue. Quando a avançadíssima indústria cultural do futuro resolve explorar os paradoxos da mecânica quântica, toda a galáxia treme."

O conto, que faz parte dos Contos do Dragão da Editora Draco, retrata uma época futurista, onde a ciência e a física estão muito mais evoluídas que hoje, e a tecnologia é muito avançada. Um astro pop muito famoso toma conhecimento da experiência do Gato de Schrödinger, que basicamente trata de um paradoxo: o gato na caixa pode estar vivo ou morto ao mesmo tempo, só se descobre a verdade quando a caixa é aberta (O Sheldon fala sempre dela em The Big Bang Theory, mas você também pode ler mais sobre o assunto clicando aqui). Então esse super astro que, aparentemente, é um pouco mimado, no sentido de sempre conseguir o que quer, decide por à prova o experimento e anuncia que fará um Schrödinger Show, estando ao vivo em diversos planetas da galáxia ao mesmo tempo, o que causou furor não só entre seus fãs mas também entre a comunidade científica. Chegaram a falar sobre golpe, alegando que o cantor só queria arrecadar mais dinheiro, já que não tem como estar em mais de um lugar ao mesmo tempo. O final disso tudo deu o que falar.

Gostei muito do conto, desse ar futurista e do uso de gírias como se elas fossem um movimento retrô que estaria na moda. Mas fiquei muito curiosa para conhecer mais desse universo e para saber outros detalhes do pop star convencido. O conto é bem curtinho, e deixa um gosto de quero mais. O autor poderia ter aproveitado a boa ideia e desenvolvido a história, pois a impressão que fica é de que tudo termina muito de repente. Se essa foi a intenção dele, está de parabéns.


The Schroendinger Show
Carlos Orsi
editora Draco
7 páginas (conto)
nota no Skoob: 2.7
nota do blog: 3.0



Este post é válido para o Top Comentarista participe!


Joana Masen, quando não está resenhando, pintando e bordando por aqui, está escrevendo poesia no blog Milonga.
Twitter: @joana_masen

7 comentários:

  1. Joana, eu imagino que um conto deste tamanho, deve deixar sim, um gostinho de quero mais. A ideia de criar uma história futurística com gírias retrô é bem inovador e diferente, achei muito criativo.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  2. Joana!
    O 'defeito' dos contos é justamente esse, é? Ser curtinho e deixar a impressão que tudo passou rápido demais, nos deixando a curiosidade e com aquela vontade de nos aprofundarmos mais na história.
    Vou ler.
    “ O amor é a sabedoria dos loucos e a loucura dos sábios.” (Samuel Johnson)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP COMENTARISTA ABRIL especial de aniversário, serão 6 ganhadores, não fique de fora!

    ResponderExcluir
  3. Uma pena que o autor não aprofundou mais na história. Acho que teríamos uma grande narrativa, afinal histórias futurísticas sempre intrigam os leitores. Fiquei curiosa sobre o que o astro pop irá aprontar. Só lendo para saber!
    Beijos, Joana!

    ResponderExcluir
  4. Vou ser bem honesta, li com um certo interesse, depois que o The big bang theory foi pronunciado na resenha eu meio que desencantei, porque não vejo a menor graça naquela série, além disso achei o enredo muito sem sentido!

    ResponderExcluir
  5. Oi Joana,
    Adoro quando uma história mescla realidade com a ficção, e isto inserido em um contexto de ficção científica deve render uma história bem envolvente. Não tenho muita experiência com livros do gênero, mas acho a ideia bastante interessante. Achei a proposta do autor bem diferente ao inserir um protagonista músico em uma história com esta temática. Em um primeiro momento fiquei pensando que isso era muito fora da realidade ou, totalmente, desconexo (relacionar música com ciência e física), mas ao mesmo tempo fiquei curiosa para ver como será o desenvolvimento deste conto.

    ResponderExcluir
  6. Oi Joana, tudo bem?
    Já eu não sou fã de contos. E apesar disso, achei a história interessante; como ela é curtinha dá pra ler rapidinho.
    Eu lembro do Sheldon ter mencionado isso na série *-*
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  7. Oi, Joana!!
    Gostei muito da resenha desse conto achei tão interessante que corri para abaixar!! Sem dúvida vai ser uma leitura bem rapidinha pois o conto é muito curtinho!!
    Beijoss

    ResponderExcluir

Olá! Que bom ter você por aqui!
Fico feliz em receber seu comentário, crítica ou sugestão. Pode falar a vontade, esse espaço é seu. Acompanhe a resposta ao seu comentário clicando em "Notifique-me".
Obrigada pela visita!