quinta-feira, 28 de novembro de 2013

As crônicas de Kira - resenha


"Uma princesa guerreira. Uma profecia antiga. Uma missão sagrada. Kira, a Princesa de Hisipan, terra de fabulosas mulheres guerreira, parte em uma jornada heroica por reinos distantes, à procura de um rtefato mágico. Uma narrativa épica, repleta de reviravoltas e personagens complexos, guerreiros, batalhas espetaculares em terra e mar, criaturas fantásticas, monstros saídos de histórias de terror, belas mulheres e feiticeiros sinistros, que irá hipnotizá-lo do início ao fim. As Crônicas de Kira é leitura obrigatória para os apreciadores do gênero Espada & Magia, que tornaram famosos personagens como Conan, o Bárbaro, e Elric, o cavaleiro albino."

Kira é uma princesa guerreira, que saiu de sua cidade, Hisipan, a fim de encontrar e reunir todas as pedras do poder do toten de Hisipan, que foram separadas depois de uma grande batalha entre os deuses. A jornada da princesa amazona vai sendo contada em três partes, que talvez possam ser vistas por alguns leitores como três contos, mas elas se completam e são fases importantes para o conhecimento de Kira e o desenvolvimento da personagem.

Todo o caminho percorrido por Kira é cheio de desafios e surpresas que vão envolvendo tanto a protagonista quanto o leitor, que espera o desfecho da estória a cada página. Na primeira parte a princesa enfrenta um gigante a desconfiança do atual guardião de uma das pedras e de todo o seu povo. Além disso, demônios das montanhas que tentam ataca o povoado a noite acabam quebrando as barreiras da segurança e invadindo o local, forçando Kira a lutar com eles para tentar salvar aquelas pessoas que mal conhece.

A viagem prossegue e ela volta a enfrentar uma criatura fantástica, que vive no mar e ataca o barco onde Kira está. Ela, mais uma vez, salva a todos e prossegue em sua busca.

Em sua próxima parada, Kira ainda é a responsável por evitar uma guerra iminente entre homens e sereianos, descobrindo uma trama armada para que as criaturas do mar fossem totalmente dominadas. Nessa parte, a princesa mostra um lado bastante humano e todo o seu senso de justiça, e acaba descobrindo que sua missão tem um propósito bem maior que aquele que ela acreditava.

Finalmente, quando ela acreditava chegar ao local onde encontraria a última pedra, ela se depara com uma situação estranha, que lhe desperta um sentimento nunca sentido antes. Ela sabe que precisa buscar uma solução para o que está acontecendo naquela cidade. Ela acaba envolvida numa briga para defender um jovem ladrão, e vai presa. É aqui que a trama começa a ficar um pouco confusa, envolvendo alienígenas que querem salvar sua espécie, usando humanos e os transformando em escravos mortos-vivos. Depois que tudo é explicado a Kira, ela decide ajudar e completar sua missão, não da forma como havia planejado, mas consciente de que fez o melhor que podia para ajudar a todos.

O livro é bem curtinho e dá pra ler com facilidade. Tem ilustrações muito legais dividindo cada fase da viagem de Kira e, pelo que li na internet, parece que é a primeira parte de uma trilogia. Então, leitores que curtem o gênero, aguardem a continuação dessa estória.

Vale comentar que nesse livro a autora diversifica seu estilo de escrita, em comparação com o outro livro que li (e que foi resenhado aqui). Se lá ela usou algumas estórias e lendas já conhecidas para criar contos fantásticos, aqui ela desenvolve uma aventura épica, exatamente como ela descreveu, "ao estilo Conan", mostrando muita habilidade em contar estórias.

"As crônicas de Kira"
Georgette Silen
editora Giz
150 páginas
nota: 3,6
nota no Skoob: 4,1
onde comprar: Cultura  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Que bom ter você por aqui!
Fico feliz em receber seu comentário, crítica ou sugestão. Pode falar a vontade, esse espaço é seu. Acompanhe a resposta ao seu comentário clicando em "Notifique-me".
Obrigada pela visita!