segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Um pouquinho de...





"... É muito comum que garotas sensíveis se deixem envolver por histórias. Principalmente as de amor. E você, bom... Você é uma das garotas mais sensíveis que eu já conheci.
- Por que acha isso?
- Não sei. Mas leio bem as pessoas.
Sorrio, meio sem graça. Edward Cullen também lê as pessoas. Ele continua:
- Veja o caso dos livros da saga Crepúsculo, por exemplo. Minha irmã é totalmente fascinada por... como é mesmo o nome dele? Qualquer coisa Cullen...
- Pois essa não é a minha realidade, tá legal? - estouro. - Não mesmo! Você é um péssimo leitor de pessoas! Por acaso tenho cara de quem se envolve com histórias? De quem deixa a vida de lado por conta de um mundo encantado, de um amor arrebatado que só existe nas folhas dos livros ou nas telas do cinema? Hein? Acha que só penso nisso 24 horas por dia, sete vezes por semana e que coleciono fotos dos meus personagens favoritos? E que não consigo dormir? E que não faço mais nada na vida? Acha? Para seu governo, Pablo, nem conheço essa saga Crepúsculo. Nunca li. Nunca vou ler. - Bufo por fim, porque não quero chorar. Sei que estou vermelha, minhas bochechas estão pegando fogo."

página 85, capítulo 5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Que bom ter você por aqui!
Fico feliz em receber seu comentário, crítica ou sugestão. Pode falar a vontade, esse espaço é seu. Acompanhe a resposta ao seu comentário clicando em "Notifique-me".
Obrigada pela visita!